Higiene pessoal na ISS

A vida no espaço

Durante a sua estadia na Estação Espacial Internacional (ISS), os astronautas têm de viver e trabalhar num ambiente muito diferente do ambiente da Terra. Não obstante, os astronautas têm de fazer a higiene pessoal, ir à casa de banho, comer, beber e manter-se em forma e saudáveis. As condições de ausência de peso (imponderabilidade) na ISS significam que os astronautas têm de adaptar estas actividades em conformidade.

Higiene pessoal

A ISS orbita a 400 quilómetros da Terra e todas as actividades têm de ser efectuadas no local. Isto significa que os astronautas têm de aproveitar os recursos, como, por exemplo, a água e os alimentos, e minimizar os desperdícios.

Nesta série de clipes de vídeo, filmada durante a missão OasISS do astronauta da ESA Frank De Winne, ele e os seus colegas de tripulação explicam como vivem a bordo da ISS. Pode utilizar a aula online como parte do programa sobre higiene pessoal, alimentação e nutrição, exercício e saúde.

Início do dia: higiene pessoal na ISS

Higiene pessoal

Quer estejas em casa, na escola ou de férias, uma coisa que tens de fazer todos os dias é cuidar da tua higiene pessoal.

O que significa isto? Lavar-se, escovar os dentes, utilizar a sanita e vestir roupas razoavelmente limpas e frescas.

Mesmo na Estação Espacial Internacional, os astronautas necessitam de fazer a sua higiene pessoal. Num espaço tão pequeno que tens de partilhar com 13 pessoas de cada vez, as coisas podem tornar-se muito desagradáveis se alguém não cuidar de si!

Comecemos pelos aspectos básicos.

Dentes:

Dentes: dentes incisivos - dentes caninos - dentes pré-molares e molares

Porque temos dentes e para que servem?
Como cuidar dos nossos dentes?
Porque é tão importante cuidar dos dentes?

Escreve todas as razões porque pensas que os dentes são úteis?

Pega num espelho e observa cuidadosamente os teus dentes.

Quantos tipos diferentes de dentes podes ver e sentir? - Os dentes afiados, na parte frontal da tua boca, chamam-se dentes incisivos. Os dentes pontiagudos ao lado dos incisivos chamam-se dentes caninos e os dentes largos com cúspides chamam-se dentes pré-molares e molares. À medida que cresces, perdes a dentição de leite e aparece a dentição 'adulta'. Esta dentição fica contigo toda a vida, logo, é melhor cuidar bem dela!

Conta quantos dentes tens. Faz um desenho dos dentes que consegues ver no espelho e tenta identificar todas as partes (esmalte, gengivas, maxilares...). Descobre o que cada parte faz.

Experiência: efeito da coca-cola nos dentes

Experiência: efeito da coca-cola nos dentes

Se tiveres um dente que tenha caído, como, por exemplo, um dente de leite, coloca-o num copo com cola ou outra bebida gasosa que bebas normalmente. Observa-o todos os dias durante uma semana. O que lhe acontece?

Faz um desenho do dente antes e depois de o colocares na bebida. Sabes porque muda? Consegues perceber porque é tão importante limitar o número de bebidas gasosas que consomes?

O que existe no 'gás' da bebida que estraga o dente?
Porque utilizamos pasta dos dentes?
Com que frequência precisas de lavar os teus dentes com pasta dentífrica?

Respostas:
A maioria das crianças tem 20 a 25 dentes. A escovagem dos dentes é importante para prevenir a cárie dentária e o mau hálito. Se deixares de lavar os dentes, a tua boca cheirará mal e os teus dentes começarão a doer e a desenvolver cáries.

As bebidas gasosas são ácidas e podem danificar o esmalte dos dentes. A lavagem dos dentes após as refeições com uma pasta dentífrica com flúor pode ajudar a evitar a cárie dentária e a fortalecer os dentes. Além disso, ficas com um hálito mais fresco!

Quando acordas de manhã, uma das primeiras coisas que fazes é lavar os dentes. Porque precisas de o fazer?

Quando comes, uma parte do açúcar dos alimentos fica na tua boca. As bactérias alimentam-se deste açúcar e fabricam ácido. Este ácido dissolve o esmalte dos teus dentes e pode provocar cáries dentárias. Isto dói! (Dores de dentes) Necessitas de ir ao dentista regularmente para isto não acontecer. Todas as pessoas necessitam de manter os seus dentes saudáveis e limpos, mesmo os astronautas no espaço! Contudo, se eles tiverem uma dor de dentes, não encontrarão nenhum dentista nas proximidades!

No espaço:

Os astronautas lavam os dentes da mesma forma que tu, mas existe uma diferença! Observa como tudo 'flutua' à sua volta.

Isto acontece porque na Estação Espacial Internacional (ISS) não existe nenhum peso a puxar os objectos para baixo, como acontece na Terra. A Estação orbita a Terra muito depressa (28 000 quilómetros por hora) na direcção e velocidade correctas; não cai na Terra, mas mantém-se em queda livre à volta dela. Como está em queda, os objectos que se encontram no seu interior não têm peso. Por isso, tudo flutua!

Mesmo a água e a pasta dentífrica. A pasta dentífrica pode ser engolida após a lavagem (pasta dentífrica comestível) e a boca é limpa com um toalhete húmido. Os astronautas têm de escovar os dentes com a boca o mais fechada possível para evitar a saída da pasta dentífrica!

Utilizar a casa de banho na ISS

Utilizar a casa de banho na ISS

Se tudo 'flutua' no espaço, como vais à casa de banho? Na ISS, existe uma casa de banho especial (situada no módulo russo Zvezsda). Agora que toda a tripulação está a bordo, existirá outra casa de banho situada no módulo americano.

Os astronautas têm de se prender com os cintos para não flutuarem. Em vez de uma sanita com autoclismo, existe um tubo de sucção que leva as fezes e a urina num fluxo de ar através de um orifício. As fezes são comprimidas e armazenadas para eliminação posterior. A urina é recolhida e reciclada posteriormente. É certamente uma forma estranha de ir à casa de banho!

Comer e beber na ISS

Comer e beber na ISS

Tal como o exercício, a nutrição tem um papel muito importante na manutenção da saúde dos astronautas.

A alimentação não é utilizada apenas para fornecer o número de calorias suficiente para o trabalho, mas as horas das refeições são ocasiões sociais importantes para pessoas que estão longe dos seus familiares e amigos.

A alimentação é preparada de forma especial, porque a ausência de peso requer ajustamentos para impedir que os alimentos fujam do prato. Alguns tipos de alimentos têm também de ser comidos para contrariar os efeitos da adaptação ao ambiente espacial.

Os astronautas podem escolher as refeições desde que os valores nutricionais e as calorias sejam mantidos dentro dos requisitos aprovados: 2800 calorias por dia. Os tabuleiros das refeições são preparados em terra para cada astronauta e são entregues à ISS antes da sua chegada. Estes são guardados num dos módulos e identificados. Os tabuleiros das refeições vermelhos contêm alimentos da Rússia e os tabuleiros azuis contém alimentos da Europa/América.

Os alimentos têm de ser tratados de forma especial para que durem muito e tenham pouco volume.

Comida espacial

Comida espacial

Existem vários tipos de alimentos que são comidos no espaço:

  • Alimentos reidratáveis: a água é retirada para facilitar o armazenamento dos alimentos. Também conhecida como secagem por congelamento (liofilização). A bordo, a água é recolocada nos alimentos antes do consumo. Os artigos incluem bebidas (chá, café, sumo de laranja) e cereais, como, por exemplo, aveia.
  • Alimentos termoestabilizados: alimentos processados com calor que podem ser guardados à temperatura ambiente. A maior parte das frutas e do peixe (atum) são preparados em latas fáceis de abrir. As sobremesas são embaladas em copos de plástico.
  • Alimentos irradiados: a maior parte das carnes bovinas são cozinhadas e embaladas em bolsas de alumínio flexíveis e esterilizadas por radiação ionizante para que possam ser mantidas à temperatura ambiente.
  • Alimentos frescos: como maçãs e bananas. Normalmente, os alimentos frescos são trazidos pelas novas equipas que chegam.
  • Alimentos industrializados: como nozes e bolachas.

Os astronautas utilizam os tabuleiros como pratos e tudo tem de ser extraído de um tubo ou saco.

Consegues imaginar o que aconteceria se a bebida e as migalhas escapassem e flutuassem para onde quisessem? Observa todo o equipamento eléctrico envolvente… seria um autêntico desastre!

É muito caro transportar todos estes alimentos e a água para a Estação, por conseguinte, tudo tem de ser muito leve e fácil de armazenar.

Apenas água - Vitamina C - Não tratada

Experiência: para comparar o escurecimento ou a deterioração da fruta madura com um inibidor químico e o ar.

Materiais:
água destilada, maçãs, bananas, aipos e cenouras, comprimidos de vitamina C. Pequeno recipiente de plástico, faca, colheres e pratos de papel.

Introdução:
quando expões alimentos, como maçãs e bananas, ao ar, o que acontece? Este escurecimento estraga os alimentos. No espaço, necessitamos de poupar o espaço e o peso de determinados alimentos frescos para evitar desperdício de cascas e caroços. Os alimentos têm também de ser embalados em porções individuais. Este procedimento pode ser efectuado cortando as frutas e os vegetais e evitando que o ar os estrague.

Verás como este procedimento pode ser efectuado com um inibidor químico.

Método:
1. Coloca água em dois pequenos recipientes fundos. Dissolve um comprimido de vitamina C num dos recipientes e deixa o outro com a água pura. Etiqueta os recipientes em conformidade.
2. Corta uma peça de fruta em seis fatias iguais. Coloca 2 fatias em cada um dos dois líquidos preparados. Certifica-te de que estão completamente submersas e deixa ficar durante 10 minutos.
3. Coloca as 2 últimas fatias num prato de papel com a indicação 'não tratadas'.
4. Retira as fatias com uma colher e coloca-as em pratos de papel separados.
5. Repete com diferentes frutas e vegetais.
6. Não mexas nos 3 pratos durante uma hora e observa para detectares sinais de escurecimento.

Discussão:

  • Que frutas e vegetais não ficaram tão castanhos como os outros?
  • Consegues lembrar-te de outro inibidor químico que possa ser utilizado para conservar as frutas e os vegetais e seja também comestível?
  • Tenta ver se a quantidade de vitamina C afecta a velocidade de escurecimento dos vegetais e das frutas. Como o farias?

Respostas:

  • Os produtos tratados com vitamina C apresentam menos sinais de deterioração, porque a vitamina C actua como um antioxidante e inibe a acção do oxigénio nos alimentos (efeito de escurecimento).
  • Açúcar, salga, ácidos (vinagre).
  • Sugestões: corta os comprimidos de vitamina C em metades e quartos e dissolve-os na mesma quantidade de água que para um comprimido inteiro. Observa se a redução da dose tem algum efeito.

Exercício e boa forma

Exercício e boa forma

O corpo humano evoluiu na Terra num campo de gravidade. A ausência de peso dificulta até as tarefas mais simples. Os astronautas têm de se segurar bem para não andarem à deriva. Mesmo a utilização do computador é uma tarefa penosa. Os passeios espaciais podem ser muito cansativos e obrigar a um esforço extraordinário dos músculos.

Isto significa que os astronautas têm de ter tempo para fazer exercício e manter-se em forma e saudáveis para efectuar o seu trabalho na ISS e voltar à Terra em boa forma. A bordo, existe um tapete rolante e uma bicicleta de exercício (sem pneus!). Os astronautas têm de praticar, pelo menos, 2 horas de exercício por dia para manterem a boa forma.

Existem também várias roldanas e cordas, que são similares a um ginásio na Terra, em que podem fazer treino de resistência, tudo ajuda a manter o estado dos ossos e dos músculos, também importante para quando voltam à gravidade da Terra. A sua condição física é mantida o melhor possível.

Copyright 2000 - 2014 © European Space Agency. All rights reserved.