ESAEducationHomeMeteorologia e ClimaMudança GlobalDesastres Naturais
   
Sobre o Eduspace
O que é o Eduspace?Que ferramentas oferece?
Escolha o seu idioma
Princípios de Detecção Remota
O que é a detecção remota?Detecção remota em profundidadeHistória da observação da TerraCartografia e dados de satéliteÓrbitas dos satélitesSatélites de Observação da Terra
Recursos
Multimédia
Earth images galleryGaleria de ImagensGaleria de Vídeo
Serviços
Contact usPesquisa em Eduspace
 
 
 
 
 
printer friendly page
World Heritage Sites and first level habitat types
Locais declarados Património da Humanidade e tipos de habitat de primeiro nível na América do Sul
Vegetação da América do Sul
 
As florestas ocupam aproximadamente 22% da América do Sul, representando cerca de 27% da cobertura florestal mundial. Do mesmo modo, as florestas desempenham um importante papel no orçamento de carbono (ou seja, o contributo de dióxido de carbono no planeta) e na economia dos países da América Latina, bem como de outras partes do mundo.
 
 
A desflorestação da floresta tropical da Amazónia está a ter um impacto negativo no planeta pelo facto de reduzir a precipitação e provocar perdas de escoamento, reduzindo a introdução de água em várias regiões, tais como o Brasil, a Venezuela e a Bolívia. Se a precipitação diminuir na América do Sul, outros países que dependem das suas actividades económicas (por exemplo, pastagens) podem ser afectados. A redução da chuva pode conduzir à seca, que pode fazer com que a produção de gado diminua drasticamente.

As cadeias montanhosas e os planaltos são fontes de rios, conservando a diversidade biológica e o um estado ecológico único (ou seja, endemismo). Existem glaciares nos Andes superiores (Venezuela e Peru) e três grandes placas de gelo nos Andes Patagónicos. As alterações climáticas e o fenómeno de Oscilação Meridional El Niño (ENSO), em particular, podem modificar a queda de neve e o escoamento em áreas de sopé. Aproximadamente 35% da água continental mundial encontra-se neste continente.

Os terrenos agrícolas correspondem a 19% da área da América do Sul. A agricultura é um sector essencial para a economia da América do Sul, uma vez que 40% da população activa trabalha no campo. As principais culturas são cevada, uva, milho, batata, soja, trigo, cana de açúcar e café.

Todos os principais tipos de ecossistemas do mundo estão presentes na América do Sul. Venezuela, Colômbia, Equador, Bolívia, Brasil e Peru são dos países mais ricos em termos de espécies de plantas e animais. Os biomas florestais desta região incluem florestas tropicais como a Amazónia e a Mata Atlântica no Brasil. Outras florestas tropicais de folha caduca encontram-se na bacia do Pacífico do Equador, na Venezuela e na costa do Brasil, desde aproximadamente 7°S até ao Trópico de Capricórnio. As florestas caducifólias e temperadas de média latitude estão localizadas em montanhas costeiras de elevação reduzida no sul do Brasil, no sul do Chile e no sul da Argentina. É possível encontrar florestas austrais na extremidade mais a sul do continente e nas Ilhas Tierra de Fuego.

Os ecossistemas mais extensivos são os prados, bosques e desertos, que se encontram na costa da Venezuela voltada para as Caraíbas, nordeste do Brasil e áreas continentais entre o Brasil e a Bolívia.

Os prados de média latitude ocupam áreas no sul do Brasil, Uruguai e na zona central e oriental da Argentina. Os prados tropicais e savanas estão presentes na América Central, Guianas, Venezuela, Colômbia, Brasil, Paraguai e Argentina. Os bosques áridos ocupam a zona ocidental da Argentina e Patagónia, existindo áreas hiper-áridas ao longo da costa ocidental do Peru e norte do Chile, bem como no sul da Bolívia e no noroeste da Argentina.
 
 

 


Vegetação da América do Sul
Informação de Base
Principais ecossistemasÍndices de vegetaçãoImagens do SPOT VEGETATIONO sensor MERIS e o Projecto Globcover
Exercícios
Exercício 1: NDVI - Vegetação do EspaçoExercício 2: Animação NDVIExercício 3: Dinâmica NDVI por zonas biogeográficas
 
 
 
   Copyright 2000 - 2014 © European Space Agency. All rights reserved.