ESAEducationHomeMeteorologia e ClimaMudança GlobalDesastres Naturais
   
Sobre o Eduspace
O que é o Eduspace?Que ferramentas oferece?
Escolha o seu idioma
Princípios de Detecção Remota
O que é a detecção remota?Detecção remota em profundidadeHistória da observação da TerraCartografia e dados de satéliteÓrbitas dos satélitesSatélites de Observação da Terra
Recursos
Multimédia
Earth images galleryGaleria de ImagensGaleria de Vídeo
Serviços
Contact usPesquisa em Eduspace
 
 
 
 
 
printer friendly page
Envisat’s first ASAR image
Imagem do ASAR na Península Antárctica
Envisat
 
A 1 de Março de 2002, a Agência Espacial Europeia (ESA) lançou o O Envisat foi lançado a 1 e Março de 2002. Trata-se de um satélite avançado de Observação da Terra na órbita polar, e fornece medições da atmosfera, do oceano, do solo e do gelo.

Os dados do Envisat serviram de apoio às investigações científicas sobre a Terra e permitiram a monitorização das alterações ambientais e climáticas. Além disso, os seus dados facilitam o desenvolvimento de aplicações operacionais e comerciais. A missão do Envisat terminou a 8 Abril de 2012.

O radiómetro AATSR (Advanced Along Track Scanning Radiometer) estabeleceu a continuidade dos conjuntos de dados do ATSR-1 e ATSR-2 da série ERS para obter medições precisas da temperatura da superfície do mar (0,3K ou melhor), para facilitar a investigação climática e para utilizações operacionais e científicas. Um radar ASAR (Advanced Synthetic Aperture Radar), a funcionar na banda C, garantiu a continuidade dos dados depois do ERS-2.

Caracterizou-se pela sua maior capacidade em termos de cobertura, gama de ângulos de incidência, polarização e modos de funcionamento. Os aperfeiçoamentos permitiram direccionar a elevação do feixe do radar e seleccionar diferentes zonas exploradas com uma largura de 100 ou 400 km.

O MERIS é um espectrómetro de imagem que mediu a radiação solar reflectida pela Terra, a uma resolução espacial do solo de 300 m, com 15 bandas espectrais na gama visível e de infravermelhos próximos e programável em largura e posição.  
 
West Coast of Africa
Costa Oeste de África - MERIS - 22 March 2002
O MERIS permitiu a cobertura global da Terra de 3 em 3 dias. A missão principal do MERIS consistiu em medir a cor da água nos oceanos e nas zonas costeiras. O conhecimento da cor do mar pode ser convertido numa medição da concentração de pigmentos da clorofila, da concentração de sedimentos em suspensão e das cargas de aerossóis nas zonas marinhas - tudo factores importantes para o estudo do ciclo de carbono dos oceanos e do regime térmico das camadas superiores dos oceanos. Os dados podiam ser utilizados para a gestão da indústria pesqueira e das zonas costeiras.

Para compreender os processos que determinam o comportamento físico e fotoquímico da atmosfera, são necessárias medidas globais detalhadas da quantidade e da distribuição horizontal e vertical do ozono, bem como de muitos outros gases residuais atmosféricos. A bordo do ENVISAT, os seguintes sensores permitiram recolher dados importantes:

    A Monitorização Global do Ozono por Ocultação de Estrelas (GOMOS)
  • O Interferómetro de Michelson para a Sondagem Passiva da Atmosfera (MIPAS)
  • O Espectrómetro de Absorção de Imagens de Digitalização para Cartografia Atmosférica (SCIAMACHY)

 
 
 


Satélites de Observação da Terra
IntroduçãoLandsatERSRESURSSPOT
Satélites meteorológicos
MeteosatMeteosat de segunda geraçãoMetOpNOAA
Satélites Earth Explorer
Exploradores da Terra da ESAGOCESMOSCryoSat-2
Commercial high resolution optical satellites
IKONOSQuickBirdWorldView
Mais informação
Envisat overviewEspecificações técnicas - Envisat
 
 
 
   Copyright 2000 - 2014 © European Space Agency. All rights reserved.