Play
$video.data_map.short_description.content
Agency

Convocação para os meios de comunicação: lançamento de Cheops para estudar exoplanetas

10/12/2019 80 views 1 likes
ESA / Space in Member States / Portugal

O Cheops, o ‘Satélite de Caracterização de Exoplanetas’ da ESA, está programado para ser lançado num foguetão Soyuz-Fregat, a partir do Porto Espacial da Europa, em Kourou, Guiana Francesa, às 09:54 CET de 17 de dezembro de 2019. Os representantes dos meios de comunicação social tradicionais e redes sociais estão convidados a inscreverem-se para acompanhar o lançamento, ao vivo, a partir do Centro Europeu de Astronomia Espacial da ESA (ESAC) perto de Madrid, Espanha.

Cheops é a primeira missão da ESA dedicada ao estudo de planetas extrassolares, ou exoplanetas. É uma parceria entre a ESA e a Suíça, com um consórcio próprio liderado pela Universidade de Berna e com importantes contribuições de outros 10 Estados-Membros da ESA.

O contratante principal para o projeto e construção da aeronave é a Airbus Defense and Space na Espanha.

A missão observará estrelas brilhantes que já são conhecidas por albergar planetas, medindo mudanças minúsculas de brilho devido ao trânsito do planeta através do disco da estrela.

Cheops terá como alvo estrelas que albergam planetas na faixa de tamanho da Terra para Neptuno, produzindo medições precisas dos tamanhos do planeta. Isto, juntamente com informações independentes sobre as massas do planeta, permitirá aos cientistas determinarem a sua densidade, permitindo uma primeira caracterização desses mundos extrassolares. A densidade de um planeta fornece pistas vitais sobre a sua composição e estrutura, indicando, por exemplo, se é predominantemente rochosa ou gasosa, ou se talvez possui oceanos significativos.

Ao contrário dos satélites de exoplanetas anteriores, como a missão Corot, liderada pelo CNES, e as missões Kepler e TESS da NASA, Cheops não é uma ‘máquina de descoberta’, mas uma missão de acompanhamento, focada em estrelas individuais que já são conhecidas por albergar um ou mais planetas. Também identificará os melhores candidatos para estudos detalhados por futuros observatórios.

A missão prepara o caminho para a próxima geração de satélites de exoplanetas da ESA - Plato e Ariel - planeados para a próxima década. Juntas, estas missões manterão a comunidade científica europeia na vanguarda da pesquisa sobre exoplanetas e continuarão a responder à pergunta fundamental: quais são as condições para a formação do planeta e o aparecimento da vida no Universo?

Cheops decolará como passageiro secundário, apanhando boleia no Soyuz-Fregat que levará o primeiro satélite da constelação Cosmo-SkyMed de Segunda Geração da Agência Espacial Italiana, ASI, para o espaço. O lançador também levará a bordo três ‘CubeSats’, pequenos satélites baseados em unidades cúbicas padronizadas de 10 cm, incluindo o OPS-SAT da ESA - o primeiro teste de órbita gratuito do mundo para utilização em órbita para novos programas informáticos, aplicações e técnicas em controlo de satélites. 

Os especialistas apresentarão a missão, os seus desafios técnicos e objetivos científicos durante um programa dedicado aos meios de comunicação, no ESAC, que incluirá a visualização da transmissão via web a partir do local de lançamento em Kourou.

Programa provisório no centro de astronomia ESAC da ESA, 17 de dezembro

(todos os tempos em CET (hora central europeia))

08:30 Abertura

09:15 Início do Programa

Cientistas e especialistas em operações da missão apresentam a missão, com transmissões ao vivo a partir de Kourou, incluindo o momento da decolagem às 09:54 CET. Isto será seguido por sessões de perguntas e respostas e oportunidades de entrevistas individuais antes da separação de Cheops, prevista para as 12h20, e anúncio da aquisição de sinal pelo Centro de Operações da Missão localizado no INTA, em Torrejón de Ardoz, Espanha.

14:00 Fim do evento – os meios de comunicação estão convidados para almoçar com representantes da ESA, da indústria e da comunidade científica.

 

Os oradores incluem:

Markus Kissler-Patig, Diretor de Operações Científicas da ESA

Francesco Ratti, Engenheiro de Instrumentos da missão Cheops da ESA

Ana Heras, Cientista do projeto Plato da ESA

Davide Gandolfi, Membro da Equipa Científica da Cheops, Universidade de Torino (Itália)

Laetitia Delrez, Membro da Equipa Científica da Cheops, Universidade de Cambridge (Reino Unido) e Universidade de Liège (Bélgica)

Isabel Rebollido, Investigadora principal da proposta de Observador Convidado da Cheops, Universidade Autónoma de Madrid (Espanha)

Como se inscrever

Os meios de comunicação social com credenciais válidas de imprensa devem registar-se até 15 de dezembro em:

https://www.esa.int/Contact/mediaregistration

As redes sociais devem inscrever-se até 15 de dezembro no mesmo link acima. Note que não há evento próprio para redes sociais; os participantes com credenciamento de rede social terão o mesmo acesso ao evento que meios de comunicação social tradicionais/online. Os participantes das redes sociais devem verificar aqui se atendem aos critérios de elegibilidade antes de se inscreverem.

Como chegar ao ESAC

https://www.esa.int/About_Us/ESAC/Getting_to_ESAC

 

Siga online

Transmissão via web

A Web TV da ESA cobrirá o lançamento ao vivo a partir das 09:30 CET [a ser confirmado] em esawebtv.esa.int

 

Redes Sociais

Para atualizações ao vivo durante todo o período de lançamento, siga @ESA_CHEOPS e @esascience no Twitter. A hashtag oficial é #cheops

 

Informações

Mais informações sobre Cheops: http://www.esa.int/cheops

Um kit de imprensa será também publicado através do URL acima.

Informações detalhadas sobre Cheops: http://sci.esa.int/cheops

 

Imagens e vídeos

Imagens e vídeos de Cheops: https://sci.esa.int/web/cheops/multimedia-gallery

Fototeca da ESA para profissionais: http://www.esa-photolibrary.com

Videoteca da ESA para profissionais: http://www.esa.int/esatv/Videos_for_Professionals

 

Termos e condições para utilização de imagens da ESA:  www.esa.int/spaceinimages/ESA_Multimedia/Copyright_Notice_Images

Para perguntas ou mais informações relacionadas às imagens da ESA, entre em contato diretamente com spaceinimages@esa.int.

 

Termos e condições para usar vídeos da ESA:

http://www.esa.int/spaceinvideos/Terms_and_Conditions

Para perguntas ou mais informações relacionadas aos vídeos da ESA, entre em contato diretamente com spaceinvideos@esa.int.

Sobre a Agência Espacial Europeia

A Agência Espacial Europeia (ESA) fornece a porta de entrada da Europa para o espaço.

A ESA é uma organização intergovernamental, criada em 1975, com a missão de moldar o desenvolvimento da capacidade espacial da Europa e garantir que o investimento no espaço traga benefícios aos cidadãos da Europa e do mundo.

A ESA é composta por 22 Estados-Membros: Áustria, Bélgica, República Checa, Dinamarca, Estónia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Luxemburgo, Holanda, Noruega, Polónia, Portugal, Roménia, Espanha, Suécia, Suíça e o Reino Unido, dos quais 20 são Estados-Membros da UE.

A ESA estabeleceu uma cooperação formal com outros sete Estados-Membros da UE. O Canadá participa em alguns programas da ESA sob um Acordo de Cooperação.

Ao coordenar os recursos financeiros e intelectuais dos seus membros, a ESA pode realizar programas e atividades muito além do âmbito de qualquer país singular da Europa. Está a trabalhar, em particular, com a UE na implementação dos programas Galileo e Copernicus.

A ESA desenvolve os lançadores, naves espaciais e instalações terrestres necessárias para manter a Europa na vanguarda das atividades espaciais globais.

Atualmente, desenvolve e lança satélites para observação da Terra, navegação, telecomunicações e astronomia, envia sondas para os confins do Sistema Solar e coopera na exploração humana do espaço.

Saiba mais sobre a ESA em www.esa.int

 

Para mais informações, por favor contatar:
ESA Newsroom and Media Relations
Tel: +34918131359
Email: media@esa.int