ESA title
Agency

Discussão ao vivo sobre o espaço para cuidados de saúde após o COVID-19

14/05/2020 42 views 1 likes
ESA / Space in Member States / Portugal

Junte-se a nós na quarta-feira, 20 de maio, para uma conversa, ao vivo, com especialistas europeus sobre como o espaço pode ajudar os cuidados de saúde.

A pandemia de coronavírus desafiou os sistemas de saúde do mundo. No entanto, a telemedicina habilitada para o espaço está a permitir que os médicos cuidem de alguns pacientes remotamente. Isto inclui pessoas que recebem cuidados intensivos durante uma emergência médica, além de consultas de rotina para condições como a gravidez.

Durante a discussão ao vivo, os convidados refletirão sobre o aprimoramento da resiliência dos sistemas de saúde do mundo e como o espaço pode ajudar durante e após a pandemia de COVID-19 na Terra.

O espaço para assistência médica ocorrerá às 17:00 CEST de 20 de maio. Assista ao vivo na ESA Web TV: https://esawebtv.esa.int/

Poderá fazer perguntas durante o seminário de uma hora usando a hashtag #AskESA nas redes sociais seguindo a ESA no Twitter ou no Facebook.

Os convidados incluem:

  • Vanessa Candeais, Chefe da Iniciativa do Sistema para Moldar o Futuro da Saúde e Cuidados de Saúde na Organização Mundial da Saúde
  • Elisabeth Healey, ex-médica da ESA na base de pesquisa Concordia na Antártica
  • Walter Ricciardi, Professor de Higiene e Saúde Pública da Universidade Católica Roma, Itália
  • Fabien Schneider, Gerente Sénior do Programa de Telemedicina, Aprendizagem e Produção de Conhecimento da Médicos sem Fronteiras
  • Jan Wörner, Diretor-Geral da ESA

A discussão será moderada por Donatella Ponziani, Oficial do Gateway Downstream da ESA. 

Este é o segundo seminário de uma série que começou com:

Estão agendados mais três seminários on-line para o próximo mês:

  • 3 de junho às 17:00 CEST “Educação pós-milenar e vida social”
  • 9 de junho às 15:30 CEST “Trabalhar com eficiência, trabalhar remotamente”
  • 15 de junho às 17:00 CEST “COVID-19: Reinvente o seu modelo de negócios”