A Terra Vista do Espaço: terras de mudança

28 Outubro 2013

Nesta imagem de radar do Envisat podemos ver lagos e montanhas do oeste do Uganda. 

A área é parte do Rift de Albertine, um braço do Rift da África de Leste onde a Placa da Somália se está a separar do resto do continente.

No canto superior direito está o Lago George. Com o equador a passar mesmo pelo meio, este braço de água é reconhecido como uma Wetland of International Importance pela Convenção de Ramsar, um tratado intergovernamental para o uso sustentável das terras pantanosas. 

As suas águas correm no Canal de Kazinga – conhecido pela sua concentração de hipopótamos e crocodilos do Nilo – até ao Lago Edward, em baixo à esquerda.

As cores nos dois lagos e os canais de ligação indicam as mudanças no nível da água. Nos dois lados do canal, grandes crateras e lagos de cratera pintalgam os campos vulcânicos.

No topo da imagem podemos ver o sopé das Montanhas de Rwenzori na fronteira entre o Uganda e a República Democrática do Congo (oeste).

Com o seu pico mais alto a atingir os 5100 m, a cadeia montanhosa alberga inúmeros glaciares, quedas de água e lagos. No entanto, as alterações climáticas afetaram negativamente os glaciares e subsequentemente a vegetação das montanhas e a sua biodiversidade.

A sul das montanhas, as áreas rosa, roxo e verde evidenciam as zonas que sofreram alteração entre as três passagens do radar e que compuseram esta imagem. Estas mudanças são primeiro que tudo na vegetação já que a terra aqui está coberta de terrenos agrícolas. Há mesmo uma linha divisória bem visível onde as atividades agrícolas terminam e as áreas protegidas começam.    

Esta imagem foi criada pela combinação de três aquisições do radar Envisat, a 14 de junho de 2007, 14 de fevereiro de 2008 e 3 de julho de 2008, por cima da mesma área e surge no   Earth from Space video programme.

Copyright 2000 - 2014 © European Space Agency. All rights reserved.