A Terra vista do Espaço: Um grande buraco azul

30 Abril 2013

Nesta imagem captada pelo satélite japonês ALOS podemos ver o Atol do Recife do Farol, no Belize. 

Na parte superior-centro da imagem, um buraco subaquático conhecido como o Grande Buraco Azul surge num círculo azul-escuro.

Rodeado pelas águas pouco profundas da barreira de coral, o Grande Buraco Azul mede mais de 300 metros de diâmetro e tem cerca de 123 m de profundidade. Formado quando o nível do mar era muito mais baixo, a chuva provocou erosão e expos o terreno. Mais tarde a água preencheu o buraco e cobriu a área quando o nível do mar subiu no final da última glaciação.

Também é visível na imagem duas ilhas de coral – a verde com vegetação – chamadas caios. A maior a oeste é Caio Longo e a mais pequena, o Caio Meia Lua, a este.

Parte dos Parques Nacionais do Belize, o Caio Meia Lua foi a primeira região do país a ser protegida. Os seus cerca de 40 quilómetros quadrados são uma importante zona de nidificação da ave marinha booby dos pés-vermelhos.

A Barreira de Coral do Belize foi classificada como Património Mundial da UNESCO em 1996, mas em 2009 entrou para a lista dos locais ameaçados. A barreira é um importante habitat para espécies ameaçadas, incluindo tartarugas marinhas, peixes-boi e crocodilo marinho americano.

O Satélite Advanced Land Observing captou esta imagem a 29 de marco de 2011 com o seu aparelho Advanced Visible and Near Infrared Radiometer, que foi concebido para mapear a cobertura de solo e a vegetação em larguras de banda no infravermelho próximo, com uma resolução no solo de 10 m. 

Copyright 2000 - 2014 © European Space Agency. All rights reserved.