A sonda Cassini deteta um mini rio Nilo em lua de Saturno

Titan’s Nile River
14 Dezembro 2012

A missão internacional Cassini detetou o que parece ser uma versão extraterrestre em miniatura do rio Nilo: o vale de um rio na lua de Saturno, Titã, que se estende por mais de 400 km, da nascente até um mar grande. 

É a primeira vez que imagens revelaram um sistema de rio com esta dimensão, com uma resolução tão alta, num lugar fora da Terra.

Os cientistas deduziram que o rio está cheio de líquido, porque parece escuro, ao longo da sua extensão total, na imagem de radar de alta resolução, o que indica uma superfície lisa.

"Embora existam alguns curtos, meandros locais, a linearidade relativa do vale do rio sugere que segue o rasto de pelo menos uma falha, semelhante a outros grandes rios que correm para a margem sul deste mesmo mar de Titã", diz Jani Radebaugh, membro da equipa de rardar da Cassini, na Brigham Young University, EUA.

"Tais falhas - fraturas na rocha de Titã – podem não implicar tectónica de placas, como acontece na Terra, mas ainda assim podem levar à abertura de bacias e, talvez, à formação de mares gigantes."

Titã é o único mundo que conhecemos que tem líquido estável na sua superfície. Enquanto na Terra temos o ciclo da água, em Titã ocorre um ciclo equivalente, envolvendo hidrocarbonetos, como o etano e o metano.
Imagens de luz visível das câmeras da Cassini no final de 2010 revelaram regiões que escureceram após chuvas recentes.

O Espectrómetro de mapeamento visual e de infravermelhos da Cassini confirmou, em 2008, a presença de etano líquido num lago no hemisfério sul de Titã, conhecido como Ontario Lacus.

"A imagem de radar deste rio, captada pela Cassini, fornece outra foto fantástica de um mundo em movimento, que foi sugerido a partir das imagens de canais e valas visto pela sonda Huygens da ESA enquanto descia à superfície da Lua em 2005", diz Nicolas Altobelli, cientista de projeto da ESA para a Cassini.

A missão Cassini-Huygens é um projeto de cooperação da Nasa, ESA e a ASI, a agência espacial italiana. O Jet Propulsion Laboratory, da NASA, uma divisão do Instituto de Tecnologia da Califórnia, em Pasadena, gere a divisão científica da NASA.

A Cassini foi projetada, desenvolvida e montada no JPL. O radar foi construído pelo JPL e pela ASI, em cooperação com membros da equipe dos EUA e de vários países europeus.

Copyright 2000 - 2014 © European Space Agency. All rights reserved.