Acordo entre a ESA e a Agência Europeia de Segurança Marítima assinado hoje

Volker Liebig e Willem de Ruiter durante assinatura do acordo em Lisboa
2 Março 2007

Hoje, 2 de Março de 2007, Willem de Ruiter, Director Executivo da Agência Europeia de Segurança Marítima (EMSA) e Volker Liebig, Director dos Programas de Observação da Terra da Agência Espacial Europeia (ESA), assinaram um acordo entre as duas agências, fortalecendo o quadro de cooperação nas áreas de monitorização e vigilância marítimas.

A assinatura decorreu durante a fase preparatória final do novo serviço da EMSA de monitorização de derrames petrolíferos através de dados de satélite, que cobre todas as águas europeias e mares adjacentes. Com este serviço, potenciais derrames petrolíferos são detectados usando imagens radar de satélite e é fornecido um alerta à EMSA num tempo máximo de 30 minutos depois da imagem ter sido adquirida pelo satélite. Esta informação é usada para apoiar os meios de vigilância das costas dos Estados Membros da União Europeia através de aviões e barcos de patrulha para assegurar que estes detectam e notificam todas as descargas significativas.

A Agência Europeia de Segurança Marítima irá fornecer aos Estados Membros da EU e à Comissão Europeia a assistência técnica e cientifica necessária, realizada por peritos de alto nível, de modo a ajudá-los a aplicar devidamente a legislação comunitária no campo da segurança marítima e da prevenção da poluição por navios, e a monitorizar a sua implementação e avaliar a eficácia das medidas em curso.

Sob este acordo, a EMSA irá ser apoiada pela ESA em assuntos relacionados com o desenvolvimento de tecnologias espaciais para monitorização e vigilância marítimas. À luz do seu papel de utilizador operacional europeu a longo termo de tecnologia de satélite, a EMSA irá aconselhar a ESA nos requisitos dos utilizadores para novos sistemas e infra-estruturas espaciais.

Imagem do derrame petrolifero do cargueiro Prestige obtida pelo Envisat

Segundo de Ruiter, “O acordo com a ESA é muito valioso para o novo serviço europeu da Agência de monitorização de derrames petrolíferos. O satélite de observação da Terra da ESA Envisat é uma ferramenta extremamente poderosa que nos irá permitir fornecer serviços adicionais extremamente úteis para os Estados Membros da UE para a luta para controlar a poluição proveniente de embarcações.”

A ESA tem vindo, nos últimos 30 anos, a desenvolver novas tecnologias espaciais, sistemas e aplicações associadas, transferindo estas a actividades dos utilizadores. A ESA reconhece a EMSA como um utilizador operacional europeu de tecnologias espaciais e de informação de satélite.

“Nós vemos este acordo com a EMSA com um marco importante no uso operacional de dados dos satélites de Observação da Terra na Europa.”, afirmou Volker Liebig.

The Galapagos
Internal waves off the Galapagos

A Comunidade Europeia e a ESA estão a desenvolver a iniciativa GMES (Global Monitoring for Environment and Security). GMES tem como objectivo fornecer à Europa informação precisa actualizada relativa a assuntos ambientais e de segurança numa base sustentável, como suporte às necessidades dos órgãos públicos de decisão.

O desenvolvimento da Componente Espaço do GMES (GSE), coordenada pela ESA, irá assegurar que organizações tais como a EMSA tenham acesso garantido a longo termo a observações de satélite apropriadas como suporte aos seus requisitos de monitorização nas áreas ligadas ao ambiente e à segurança. Em particular, o satélite Sentinel 1 irá assegurar a continuidade das observações radar Envisat nas quais o novo serviço de vigilância da EMSA é baseado.

A disponibilidade de produtos de observação da Terra, particularmente imagens radar em tempo quase real cobrindo vastas áreas, é essencial para a sustentabilidade a longo termo dos serviços operacionais da EMSA de monitorização e vigilância marítimas. Com este acordo, a ESA afirma o seu forte compromisso em ter em conta as necessidades da EMSA, seja relativamente ao instrumento ASAR do Envisat actualmente operacional, seja no que respeita a preparação de futuras missões SAR.

Lançado em 2002. O Envisat é o maior satélite de observação da Terra jamais construído. O Envisat transporta a bordo dez sofisticados instrumentos ópticos e radar para fornecer observações contínuas e monitorizar diversos aspectos do nosso planeta, tais como o solo, a atmosfera, os oceanos e as regiões polares. Os dados obtidos através dos seus instrumentos permitiram e continuam a permitir o desenvolvimento de um enorme número de aplicações operacionais e comerciais.

Para mais informações, contacte por favor:

Simonetta Cheli
Head of the Coordination Office
Directorate of Earth Observation Programme
Tel: + 39.06.9418.03.50
Fax: + 39.06.9418.09.52

EMSA External Communications

Louis Baumard
Tel: +351.21.12.09.250
Email: louis.baumard@emsa.eu.int
or
Andrew Stimpson
Tel: +351.21.12.09.276
Email: andrew.stimpson@emsa.eu.int

Copyright 2000 - 2014 © European Space Agency. All rights reserved.