Assinados os principais contratos do Galileo

René Oosterlinck e Berry Smutny
1 Fevereiro 2010

Na passada Terça-feira, René Oosterlinck, Director do Programa Galileo e das actividades de Navegação por Satélite da ESA, assinou os três primeiros contratos da fase de Capacidade Plena de Operações do Galileo. Com este evento inicia-se a construção da infraestrutura operacional do sistema europeu de navegação por satélite.

A cerimónia para a assinatura dos contratos foi celebrada no Centro Europeu de Investigação e Tecnologia Espacial (ESTEC) da ESA, em Noordwijk, Holanda, com a presença de Matthias Ruete, Director Geral de Energia e Transportes da Comissão Europeia (EC), e de Jean-Jacques Dordain, Director Geral da ESA. Estes contratos incluem o sistema, os satélites e os lançamentos da primeira fase do programa Galileo.

O contrato assinado com a Thales Alenia Space (Itália) cobre as actividades de apoio ao sistema industrial que proporcionará à ESA, como contratante principal do sistema Galileo: engenharia de sistemas, controle da performance, montagem, integração e validação, engenharia de sinal no espçao, controle de segurança e garantia do produto.

René Oosterlinck and Berry Smutny
Assinatura do contrato com a Arianespace

Para o segmento espacial, e após a assinatura dos contratos quadro com a OHB-System AG (Alemanha) e com a EADS, no fim de 2009, a primeira encomenda assinada com a OHB inclui o fabrico de 14 satélites, com a entrega da primeira unidade em Julho de 2012, à qual se seguirão dois satélites a cada três meses.

Como contratante principal, a OHB juntou-se à Surrey Satellite Technology Limited (SSTL; Reino Unido). A OHB comandará as actividades ao nível dos sistemas e será responsável pela plataforma do satélite, enquanto a SSTL será a responsável pela carga útil.

Signature of Arianespace contract
Signature of Arianespace contract

Para os serviços de lançamento, o contrato cobre o fornecimento de cinco lançadores Soyuz equipados com uma etapa superior Fregat actualizada, por parte da Arianespace, que serão lançados a partir da Base Espacial Europeia na Guiana Francesa. Cada lançamento irá pôr dois satélites na sua órbita definitiva.

A assinatura destes contratos realiza-se após o anúncio a sete de Janeiro passado, feito por Antonio Tajani, Vicepresidente da Comissão Europeia e Comissário dos Transportes, da concessão dos contratos. A Agência Espacial Europeia actua pela primeira vez em representação da Comissão Europeia para a assinatura destes contratos, o que pressupõe um importante passo em frente para o sistema Galileo, marcando as relações de cooperação entre a Comissão Europeia e a ESA.

Copyright 2000 - 2014 © European Space Agency. All rights reserved.