Atividades de interesse jornalístico, previstas para 2012

Veja, aos olhos de um artista
10 Janeiro 2012

Os principais eventos do ano (acompanhe este site para ficar a par das datas definitivas):

First launch of Vega
A família de lançadores europeus irá receber o seu membro mais pequeno, o Vega.
Local: CSG, Porto Espacial Europeu (Guiana Francesa)
Data: 9 de Fevereiro

Apresentação aos jornalistas da missão BepiColombo
A missão da ESA para a exploração de Mercúrio irá passar por uma fase exaustiva de testes durante o ano de 2012. A configuração completa (modelo estrutural e térmico), composta pelas naves europeia e japonesa, o módulo de transferência e o escudo solar, serão montados para a realização de testes mecânicos e apresentados aos jornalistas.
Local: ESTEC, Noordwijk, (Holanda).
Data: Fevereiro

Telescópio espacial James Webb: delivery of MIRI
O sucessor do Telescópio Espacial Hubble irá receber várias contribuições da ESA, incluindo o instrumentos científico MIRI. Este instrumento científico irá não só fornecer espantosas fotografias do espaço, ao bom estilo do Hubble, mas também irá permitir o estudo de populações de estrelas e galáxias ou de cometas distantes e do Kuiper Belt.
Local: Reino Unido
Data: Fevereiro

Swarm constellation
A constelação Swarm

Evento para a imprensa do Swarm, depois dos testes finais
A missão multi-satélite Swarm irá disponibilizar um estudo completo do campo magnético da Terra e da sua evolução temporal, melhorando o nosso conhecimento acerca do interior da Terra e do seu clima. A missão será apresentada aos jornalistas e estes terão oportunidade de espreitar os satélites uma última vez, depois de terminados os últimos testes antes do transporte para o local de lançamento. O Swarm é constituido por uma constelação de três satélites, em três órbitas polares diferentes, entre os 400 km e os 550 km de altitude. Cada satélite irá fornecer medições de elevada precisão e resolução relativas à força e direção do campo magnético.
Local: IABG, Ottobrun (Alemanha)
Data: Fevereiro

Envisat: 10 anos em órbita
O maior satélite de observação da Terra alguma vez construído irá completar 10 anos em órbita a 1 de Março de 2012. Neste tempo, o satélite tem fornecido aos cientistas europeus dados sobre o ambiente, através de aplicações multi-facetadas que cobrem a superfície terrestre, os oceanos, a cobertura de gelo e a atmosfera.
Local: Paris
Data: 1 de Março

Lançamento do ATV-3 pelo Ariane 5
Cada Veículo de Transferência Automatizado (ATV) pode transportar até 7 toneladas de carga para a Estação Espacial Internacional, incluindo comida, água potável, gases, material de pesquisa e equipmento de manutenção e cerca de 3 toneladas de combustível. Muito versatile, a nave também reposiciona, com regularidade, a Estação na órbita e manobra o complexo para evitar colisões com detritos espaciais. Com este veículo a Europa está a cumprir a sua parte rumo a uma partilha dos custos operacionais da Estação. O terceiro ATV (ATV-3) tem o nome Edoardo Amaldi, em homenagem ao físico italiano.
Local: CSG, Porto Espacial Europeu (Guiana Francesa); eventos nos estabelecimentos da ESA, na Alemanha e no centro de controle do ATV em Toulouse (França)
Data: 9 Março

André Kuipers during a training session at EAC
André Kuipers a treinar no simulador do ATV, no EAC

Acoplagem do ATV-3 à ISS
Equipada com o seu próprio sistema de propulsão e de navegação, o ATV é uma nave multifuncional que combina os automatismos de um veículo não tripulado com os requisitos de segurança das naves tripuladas. O astronauta da ESA André Kuipers será o seu principal operador, monitorizando a aproximação e a acoplagem do ATV. André e o seu colega de tripulação russo, Oleg Kononeko, irão monitorizar o ATV à medida que este se aproxima da Estação. Os dois estão treinados para intervir caso algum incidente impeça o ATV de acoplar. Um sistema de navegação de grande precisão guia o ATV em direcção à Estação Espacial, onde este se liga automaticamente ao módulo russo Zvezda.
Local: Centro de Controle do ATV (Toulouse), ESTEC e ESRIN
Data: 19 de Março

Fim dos testes em órbita dos dois primeiros satélites Galileo
Desde o seu lançamento a 21 de Outubro, os dois satélites Galileo passaram por verificações detalhadas, a partir da estação de terra em Redu (na Bélgica) para garantir que tudo está a funcionar em pleno e de acordo com as especificações.
Local: Redu (Bélgica)
Data: Março

Arctic sea-ice thickness 2011
Espessura dos gelos do Ártico

CryoSat: Apresentação do primeiro mapa das alterações na espessura dos gelos marinhos
Apresentação do primeiro mapa (e resultados) das alterações na espessura dos gelos. A elevada taxa de alterações no Ártico faz com que estes resultados tenham especial relevância para a investigação das alterações climáticas.
Local: Reino Unido
Data: Abril

Apresentação dos resultados da seleção para a missão Cosmic Vision L-class
Em 2011 foram estudados três grandes conceitos de missão, para serem selecionados pelo Comité do Programa Científico em Abril. Local: Informações em www.esa.int
Data: April

Simpósio do utilizador da ISS
No Simpósio do Utilizador da ISS User será feito um balanço dos resultados obtidos na Estação Espacial Internacional. Também será discutida a cooperação com parceiros internacionais bem como o futuro da pesquisa espacial após 2020 e após a Estação Espacial. O evento aberto ao público irá permitir a partilha do fascínio da exploração espacial com os cidadãos.
Local: Berlim, Alemanha
Data: 2-4 Maio

Expeditions 30 and 31 crew members wave goodbye to the crowd
As tripulações das expedições 30 e 31 a cumprimentarem a plateia, antes do lançamento

Aterragem do astronauta da ESA André Kuipers
Terminada a sua missão de cinco meses, 'PromISSe', na Estação Espacial Internacional, André Kuipers irá aterrar nas estepes do Cazaquistão. Durante a sua missão, André terá feito diversas experiências, atividades educacionais e terá sido o operador principal do ATV, monitorizando a aproximação e acoplagem do veículo.
Local: Cosmódromo de Baikonour (Cazaquistão) e estabelecimentos da ESA
Data: 16 Maio

Lançamento da missão meteorológica MetOp-B
O MetOp-B foi desenvolvido e construído pela ESA em colaboração com a Eumetsat. O MetOp-B segue-se ao MetOp-A, lançado em Outubro de 2006. Os satélites MetOp são uma série de satélites meteorológicos de órbita polar operados pela Eumetsat. Estes satélites complementam a rede americana operada pelo NOAA. O MetOp-B transporta 11 instrumentos que vão melhorar a qualidade das previsões meteorológicas e contribuir para a obtenção de dados do clima.
Local: Cosmódromo de Baikonur (Cazaquistão). Será promovido um evento conjunto de lançamento ESA-Eumetsat em Darmstadt, Alemanha, com eventos laterais nas instalações da ESA.
Data: Maio

ECSITE Conference, a Rede Europeia de Centros de Ciência e Museus
A ESA estará presente na conferência anual do ECSITE, que atrai mais de 1000 profissionais de comunicação de ciência. Pela primeira vez, o espaço será o tema principal da conferência, organizada pela ‘Cité de l’Espace’ em Toulouse, um dos poucos centros europeus dedicados em permanência ao espaço, e um parceiro de longa data da ESA.
Local: Toulouse, França
Data: 25 Maio – 2 Junho

Lançamento: Meteosat Second Generation-3
Os satélites Meteosat Second Generation foram desenvolvidos e construídos pela ESA e são explorados pela Eumetsat. Foram concebidos para melhorar as previsões meteorológicas, de acordo com os requisitos dos utilizadores. O MSG-3 irá prosseguir a série de satélites meteorológicos que se iniciou com o Meteosat-1, em 1977. O primeiro satélite de segunda geração (MSG-1) foi lançado em 2004, seguindo-se o MSG-2, em Dezembro de 2005.
Local: CSG, (Guiana Francesa). Nas instalações da Eumetsat, em Darmstadt, Alemanha, haverá um evento de lançamento conjunto ESA-Eumetsat bem como outros eventos de suporte nas instalações da ESA.
Data: 15 Junho – 15 Julho

Toulouse Space Show
A ESA irá participar neste evento, um espectáculo direcionado para as aplicações espaciais.
Local: Toulouse, França
Data:25–28 Junho

Festival aéreo internacional de Farnborough
A ESA estará presente numa zona dedicada ao Espaço, em coordenação com a Agência Espacial do Reino Unido e a indústria e irá participar em inúmeros eventos de alto nível.
Local: Farnborough, Reino Unido
Data: 9–15 Julho

Lançamento: Swarm – a missão da ESA para o campo magnético
A missão multi-satélite Swarm irá proporcionar o mais completo estudo do campo magnético terrestre e da sua evolução, melhorando o nosso conhecimento sobre o interior da Terra e sobre o clima. O conceito do Swarm consiste numa constelação de três satélites em três órbitas polares diferentes, entre os 400 km e os 550 km de altitude. Cada satélite irá fornecer medições de grande precisão e alta resolução da força e da direção do campo magnético.
Local: Cosmódromo de Baikonur (Cazaquistão). O principal evento de lançamento será no ESOC.
Data: 16 Julho

Liftoff of flight VS01
Descolagem do Soyuz VS01

Lançamento: Segundo par de satélites da constelação Galileo
Será lançado o segundo par de satélites do sistema europeu de navegação por satélite, Galileo. Lançados os primeiros quatro satélites da constelação e através da rede em terra, a ESA poderá validar o conceito do Galileo.
Local: CSG, Guiana Francesa, com eventos de lançamento nas instalações da ESA
Data: Agosto/ Setembro

Festival aéreo internacional, ILA
A ESA estará presente num pavilhão conjunto com a indústria (BDLI) a agência espacial alemã (DLR), na Área Internacional do Espaço, nas novas instalações do ILA. Durante os dias dedicados ao profissionais serão promovidos diversos eventos temáticos e uma série de conferências.
Local: Berlim,
Data: 11–16 Septembro

63º Congresso Internacional de Astronáutica (IAC)
A ESA estará na conferência do principal encontro sobre o espaço, onde também haverá uma exposição em que os jornalistas terão oportunidade de fazer entrevistas.
Local: Nápoles, Itália
Data: 1–5 Outubro

Estreia da Deep Space Antenna 3
A terceira Deep Space Antenna irá completar a rede de espaço profundo da ESA. Irá possibilitar missões espaciais ao espaço profundo, no presente e no future, a serem conduzidas com três antenas espalhadas pelo globo.
Local:Malargüe, Argentina
Data: Novembro

Escudo solar do Gaia

Entrega do instrumento científico do Gaia
Com lançamento marcado para 2013, a missão Gaia irá fazer o mapa maior e mais completo, a três dimensões, da nossa Galáxia, examinando mais estrelas do que alguma vez foi feito – mais do que mil milhões. A montagem do seu equipamento científico estará completa no final de 2012. Inclui a maior máquina digital que alguma vez partiu para o espaço.
Local: EADS Astrium, Toulouse (França)
Data: Novembro

Telescópio Espacial James Webb: entrega do NIRSpec
O sucessor do Hubble Space Telescope irá carregar várias importantes constribuições da ESA, incluindo o espectógrafo próximo dos infra-vermelhos, NIRSpec. Este instrumento científico irá permitir a observação continua de 100 galáxias distantes, para determine a sua composição química, e a taxa a que as estrelas se estão a formar. Também irá permitir que os astrónomos detetem, pela primeira vez, água em planetas à volta de outras estrelas.
Local: EADS Astrium, Ottobrunn (Alemanha)
Data: Decembro

Conselho Ministerial da ESA
Os ministros com a tutela do espaço nos Estados Membros e no Canadá irão reunir-se durante dois dias, para discussão e aprovação dos programas da ESA para os próximos anos.
Local: Itália
Data: final do ano

Para mais informações, por favor contacte:

ESA Media Relations Office
Communication Department
Tel: +33 1 53 69 72 99
Fax: +33 1 53 69 76 90
Email: media@esa.int

Copyright 2000 - 2014 © European Space Agency. All rights reserved.