Briefing sobre novos resultados do Planck

Planck no espaço
2 Fevereiro 2012

Os representantes dos meios de comunicação são convidados a assistir a um briefing sobre novas observações da Via Láctea e de outras galáxias feitas pela missão da ESA, Planck.

O briefing está a ser organizado pela agência especial italiana, ASI, e pelo Instituto Nacional de Astrofísica italiano (INAF) em Area della Ricerca CNR, Bolonha, Itália, a 13 de Fevereiro, das 11:00 às 12:30 CET.

Entre 13 e 17 de Fevereiro, cientistas da ESA e de diversos institutos europeus dedicados à astronomia irão apresentar as novas descobertas do Planck e de outras experiências.

O objetivo da missão Planck é medir a radiação cósmica de fundo, a primeira luz no Universo, libertada 380 000 anos depois do Big Bang ter dado origem ao cosmos em que vivemos.

Este mapa da radiação de fundo – o mais rigoroso alguma vez construído – irá permitir-nos aprofundar o conhecimento acerca do nascimento, evolução e destino do Universo.

O Planck foi lançado em Maio de 2009, observando o céu continuamente por mais de 30 meses, mais de duas vezes o dobro do tempo de vida esperado.

Um dos instrumentos do Planck vai continuar a enviar dados durante boa parte de 2012. Os primeiros resultados cosmológicos do Planck serão divulgados no início de 2013.

Para construir um mapa do universo primordial é preciso que as emissões produzidas por objetos mais próximos sejam identificadas e removidas. Removidas – mas não postas fora.

Estas emissões têm origem sobretudo na nossa Galáxia, mas também noutras mais distantes. São um tesouro científico e permitem aos astrónomos de todo o mundo receber novas visões da nossa Galáxia e do Universo.

Os novos resultados apresentados no briefing irão incluir um mapa a céu completo das emissões de monóxido de carbono na Via Láctea e o mapa de um componente misterioso na nossa Galáxia, denominado 'haze' (neblina).

Copyright 2000 - 2014 © European Space Agency. All rights reserved.