Cerimónia de graduação dos novos astronautas europeus

Os novos astronautas da ESA exibem os diplomas
23 Novembro 2010

Cheios de orgulho, os seis mais recentes astronautas da ESA receberam ontem os diplomas no Centro Europeu de Astronautas, em Colónia, na Alemanha. A partir de agora são oficialmente astronautas.

Os novos astronautas, sorrindo nos seus fatos-de-macaco azuis, estiverem debaixo dos holofotes no centro de treinos da ESA. Exibiam os certificados, assinados por Jean-Jacques Dordain, Director Geral, Simonetta Di Pippo, Directora de Voos Tripulados e Michel Togini, responsável pelo Grupo de Astronautas.

A cerimónia de graduação, que decorreu perante amigos, família, convidados e jornalistas, marca um período muito importante nas suas carreiras: o fim oficial do Treino Básico, a primeira fase da sua formação como astronautas.

This training covered space engineering, electrical engineering, different scientific disciplines and the major systems of the International Space Station (ISS) and other space vehicles. Este treino incluiu engenharia aeroespacial, engenharia eléctrica, disciplinas científicas diferentes e conhecimentos sobre os principais sistemas da Estação Espacial Internacional (ISS) e outros veículos espaciais.

Incluiu mergulho, em preparação para os passeios espaciais, robótica, treino de sobrevivência, passagens e acoplagem, além de russo.

Trabalho de equipa

Quando os novos astronautas foram seleccionados em 2009, um dos principais critérios foi a capacidade de trabalhar em equipa. Os seis formaram um grupo unido desde o início – um espírito de equipa preencheu todo o período em que durou o Treino Básico.

«Quando apresentámos estes seis novos astronautas, o mais importante não foi ter seis indivíduos a representar cinco estados membro, mas uma equipa de seis pessoas que representam a Europa,» disse Jean-Jacques Dordain durante a cerimónia.

«Quando assinei os vossos diplomas, há um momento, pensei que também deveriam ter recebido um prémio de equipa, porque hoje a vossa equipa é mais sólida do que era há um ano. Não podemos atribuir a mesma missão a todos, mas cada um de vós irá voar até ao espaço e, quando o fizerem, espero que considerem a missão de cada uma como uma missão da equipa também.»

«A ESA tem três novas oportunidades de voo para a ISS até 2015, daí que metade dos novos astronautas terá oportunidade de voar para o espaço muito brevemente,» disse Di Pippo. «Os primeiros estarão em órbita em 2013.»

«Espero que com estas oportunidades de voo e estes novos astronautas possamos dar um impulso extra à utilização científica da Estação Espacial. Penso que é importante, principalmente neste momento, quando vemos a utilização da Estação Espacial até 2020 e, esperemos, mais ainda.»

Astronautas: classe de 2009

A selecção dos novos astronautas começou em 2008, quando a ESA abriu o concurso a todos os Estados Membro e recebeu mais de oito mil candidaturas.

Depois de um processo de selecção de um ano, foram convidados a juntar-se ao grupo de astronautas da ESA, em Maio de 2009, Samantha Cristoforetti, de Itália, Alexander Gerst, da Alemanha, Andreas Mogensen, da Dinamarca, Luca Parmitano, de Itália, Timothy Peake, do Reino Unido e Thomas Pesquet, de França.

Os novos astronautas vão continuar com os treinos pré-missão e a participar em actividades de relações públicas. Quando lhes for atribuída uma missão, irão concentrar-se em treino especializado para a mesma.

Material de vídeo

Cobertura em vídeo das diferentes fases do Treino Básico dos novos astronautas disponível em: http://multimedia.esa.int/Videos/2010/11/ESA-Astronaut-Class-2009

Um novo vídeo será disponibilizado brevemente em: http://television.esa.int/sche.cfm#

Copyright 2000 - 2014 © European Space Agency. All rights reserved.