Experiências Portuguesas a bordo do Endeavour

STS-108 Endeavour lifts off on 5 December 2001
O STS-108 Endeavour descolou a 5 Dez. 2001
7 Dezembro 2001

Pela primeira vez, Portugal participa num programa educativo da NASA, denominado SEM (Space Experiment Module Program).

Assim, a bordo da Missão STS - 108 do vaivém Endeavour (lançado dia 5 de Dezembro às 22:20, hora de Lisboa), cujo objectivo é levar a nova tripulação residente à Estação Espacial Internacional (EEI), seguem experiências portuguesas de duas alunas (Rute Inês Monteiro Fonseca e Ana Luísa Mendonça Rodrigues) e uma professora (Teresa Paiva Filipe) da Escola Secundária Reynaldo dos Santos, Vila Franca de Xira. Esta participação foi coordenada pelo programa Ciência Viva., do Ministério da Ciência e Tecnologia. PULSAR (Portugal - Unified Learning Through Space & Research) foi o título escolhido para a participação portuguesa.

Integração das experiências no Space Experimental Module
Experiências Portuguesas a bordo do Endeavour

Pretende-se com a experiência verificar o que acontece quando sementes de hipericão do Gerês, de alfarrobeira, de medronheiro, vinho do Porto e da Madeira (entre outras amostras) são sujeitas a acelerações fortes seguidas de ambiente de microgravidade, variações de temperatura e níveis de radiação elevados. Foram também enviados para o espaço uma amostra de DNA, um polímero e um holograma. Nos laboratórios em Terra ficam sementes e amostras idênticas, que serão depois comparadas com aquelas que agora estão a caminho da EEI.

Fazem parte da tripulação do STS-108 o Comandante Dominic L. Gorie, o Piloto Mark E. Kelly e os Especialistas de Missão Linda M. Godwin e Daniel M. Tani, além dos membros da 4ª Expedição à Estação Espacial Internacional (ISS), Yuri Onufrienko, Daniel Bursch and Carl Walz. Estes três astronautas irão substituir os actuais ocupantes da Estação, que completam neste momento 4 meses de serviço em órbita.

Hipericão do Gerês
Experiências Portuguesas a bordo do Endeavour

O STS-108 é o primeiro voo de utilização (Utilization Flight (UF1)) do Programa da Estação Espacial Internacional, transportando o módulo Raffaello Multi Purpose Logistics Module, construído pela Agência Espacial Italiana, com abastecimentos e experiências para a Estação Espacial. Será ainda realizada pelos astronautas uma missão no exterior e várias missões robóticas.

Esta missão tem uma duração prevista de 11 dias, entre a viagem de ida e volta e estadia na plataforma da Estação.

Já em Outubro de 1998, a Associação Industrial de Margarinas e Gorduras Alimentares, em conjunto com o Instituto Superior Técnico e a Universidade Católica Portuguesa, organizaram uma experiência intitulada ‘Primeira Experiência Portuguesa com Emulsões em Microgravidade’, que viajou por 8 dias a bordo do Space Shuttle, mas nessa altura o espaço a bordo do vaivém foi alugado à ITA ( Instrumentation Technology Associates - empresa americana que disponibiliza espaço comercial a bordo dos vôos da NASA), por intermédio de outra empresa portuguesa denominada Companhia Espacial Portuguesa.

Copyright 2000 - 2014 © European Space Agency. All rights reserved.