Lançamento da Rosetta adiado por razões técnicas

Um pequeno pedaço do isolamento térmico descolou-se
27 Fevereiro 2004

O lançamento previsto para hoje do Flight 158, que transporta a nave espacial Rosetta, foi adiado para permitir uma reparação menor da protecção térmica externa do depósito criogénico principal. A Arianespace dará uma conferência de imprensa em Kourou às 12:00 CET de hoje.

A Arianespace anunciou que uma inspecção visual ao depósito criogénico central detectou que faltava um pedaço de 10 X 15 cm do material de protecção, devendo por isso ter de ser interrompida a contagem decrescente. A inspecção foi feita antes do início do abastecimento do depósito.

A protecção térmica isola os propulsantes criogénicos frios do depósito, do ambiente mais quente exterior. Para substituir o bocado de material isolante, o Ariane 5 irá ser transportado na sua plataforma móvel de lançamento, para o Final Assembly Building (local onde é colocada a nave especial dentro do lançador), que se se encontra no porto espacial europeu da Guiana Francesa, onde um novo bloco de protecção térmica será instalado. Uma vez substituída a protecção, o adesivo necessita de aproximadamente 36 horas para completar o processo de secagem/endurecimento.

Quer o lançador, quer a nave espacial Rosetta, permanecerão em “safe mode”.

A contagem decrescente deverá ser retomada no início da próxima semana.

Para mais informações e actualizações consulte, por favor: http://www.esa.int/rosetta

The duration of Flight V158 is unusual for an Ariane 5 mission. After lift-off, booster separation and burn-out of the central core stage, Ariane 5's EPS upper stage will enter a prolonged ballistic phase, followed by its delayed ignition at almost two hours after lift-off.

Rosetta will then separate from the stage 14 minutes later, setting off on an Earth-escape trajectory that will lead to its encounter with Comet 67P/Churyumov-Gerasimenko in 2014.

Copyright 2000 - 2014 © European Space Agency. All rights reserved.