Lançamento do CryoSat 2: Convite à imprensa

30 Março 2010

Os representantes dos media são convidados para assistir ao lançamento do satélite CryoSat-2, programado para quinta-feira 8 de Abril, às 15:57 CEST. A transmissão ocorrerá a partir do Centro de Operações Espaciais (ESOC) em Darmstadt, Alemanha.

Esta nova data de lançamento foi confirmada pela International Space Company Kosmotras, após a implementação e validação de uma alteração de software do lançador.

A missão de gelo da ESA irá monitorizar as variações na espessura do gelo marinho flutuante nos oceanos polares e as alterações nas vastas camadas de gelo que cobrem a Gronelândia e a Antártida, naquele que é o mais sofisticado satélite a estudar os gelos terrestres.

O CryoSat-2 será colocado numa órbita a 700 km da Terra, por um foguete russo Dnepr, lançado a partir do Cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão. A descolagem está agendado para as 15:57 CEST (13:57 UTC) de quinta-feira 8 de abril de 2010. O operador do lançamento é a Kosmotras.

Os representantes da imprensa estão convidados a assistir ao lançamento ao vivo, a partir das instalações da ESA/ESOC, em Darmstadt. O Centro de Imprensa Europeu funcionará das 12:30 às 17:30 e o evento de lançamento promovido pela ESA será das 14:00 às 16:30. A transmissão televisiva, em directo, do lançamento irá fornecer imagens de Baikonur e do controle da missão no ESOC. Mais detalhes sobre a transmissão de TV estão disponíveis em http://television.esa.int. Responsáveis da ESA e especialistas do programa estarão disponíveis para esclarecimentos e entrevistas.

Os jornalistas que queiram estar presentes no evento em Darmstadt ou assistir ao lançamento a partir de outra unidade da ESA devem preencher o formulário à direita e enviá-lo por fax para os números à disposição.

Gelos do Ártico no máximo de Inverno e no mínimo de Verão, em 1980 e 2007

O CryoSat será o terceiro satélite Earth Explorer da ESA, em órbita, seguindo-se ao lançamento do GOCE (em Março de 2009) e o SMOS (em Novembro de 2009). O CryoSat deveria ter sido o primeiro da série, mas a primeira versão do satélite perdeu-se, em resultado de uma falha no lançador, em Outubro de 2005.

A nave de 700 kg, CryoSat – cujo nome vem da palavra grega kryos, que significa frio ou gelo – transporta o primeiro altímetro por radar de microondas. O instrumento foi optimizado para determinar alterações na espessura, quer dos gelos flutuantes marinhos, que podem ser de alguns metros, quer dos gelos terrestres polares, que na Antarctida podem ter cerca de 5 km de espessura. A missão irá fornecer dados acerca das alterações na espessura dos gelos com uma precisão de cerca de um centímetro.

Os mínimos atingidos recentemente relativamente à extensão da cobertura de gelos no Verão do Ártico demonstram que estão a ocorrer alterações significativas nas regiões polares. Enquanto a cobertura de gelos foi tem sido mapeada, a partir do espaço, há vários anos, por satélites como o Envisat, persiste uma necessidade urgente de determinar de que forma é que a espessura dos gelos está a mudar. Os dados da missão CryoSat irão fornecer à comunidade científica dados acerca da forma como os gelos estão a mudar, levando a uma melhor compreensão do papel dos gelos nas alterações climáticas e do nível do mar.

Qualquer alteração na data de lançamento será anunciada no atendedor de chamadas +49 (0)6151 90 2609 e no site do CryoSat www.esa.int/cryosat.

Para mais informações, contacte:

ESA Media Relations Office
Communication Department
Te: + 33 1 5369 7299
Fax: + 33 1 5369 7690

Robert Meisner
Communication Officer
Earth Observation Programme
Tel: +39 06 941 80874
Fax: +39 06 941 80842
Robert.Meisner [@] esa.int

Copyright 2000 - 2014 © European Space Agency. All rights reserved.