Missão de gravidade da ESA com lançamento previsto para Março

GOCE
6 Fevereiro 2009

A ESA está a preparar o regresso à Rússia para orientar os preparativos do lançamento do seu satélite GOCE, cujo lançamento está previsto para 16 de Março de 2009. Um procedimento que se segue à implementação das medidas correctivas após a anomalia com o lançador Rockot e que levou os Serviços de Lançamento Eurockot a atrasar o lançamento do GOCE no passado mês de Outubro.

Um destacamento avançado da ESA-ESTEC, na Holanda, acaba de chegar ao Cosmódromo de Plesetsk, no norte da Rússia, para tratar de assuntos de logística, enquanto a equipa de engenheiros chegará em meados de Fevereiro.

O satélite GOCE (Gravity field and steady-state Ocean Circulation Explorer), com cinco metros de comprimento, tem estado armazenado no local de lançamento, desde Outubro último. Quando a equipa da ESA e os engenheiros da Thales Alenia Space chegarem, terá início o trabalho de preparação do satélite para o lançamento. Como principal fornecedor, a Thales Alenia Space liderou um consórcio europeu de cerca de 40 empresas para a construção do satélite GOCE.

GOCE over ice
O GOCE sobre o gelo

Danilo Muzi, Gestor do projecto GOCE da ESA, comentou que "a equipa está ansiosa por retomar a campanha de lançamento e terminar o trabalho interrompido no Outono passado. O lançamento dentro de poucas semanas será a recompensa merecida para todo o seu esforço."

O GOCE é o primeiro de uma série de satélites de observação da Terra, chamados Exploradores da Terra. Estas pequenas missões são desenvolvidas como resposta directa a uma série de questões das ciências da Terra identificadas pela comunidade científica, ao mesmo tempo que demonstram a nova tecnologia no espaço. O GOCE está certamente à altura – com o seu design esguio de alta tecnologia, que inclui muitas novidades em termos de concepção e utilização de novas tecnologias para fazer o levantamento do campo de gravidade da Terra como nunca se viu.

O GOCE efectua seis medições simultâneas do campo de gravidade

O satélite foi concebido para se manter numa órbita de apenas 250 km acima da superfície da Terra – com a sua forma aerodinâmica invulgar a atravessar o que resta da atmosfera. Este satélite de órbita baixa é a primeira missão a utilizar o conceito de gradiometria no espaço. O conceito envolve a medição de diferenças de aceleração em pequenas distâncias entre um conjunto de massas efectivas dentro da sonda, que respondem a pequenas variações na 'força gravitacional' da Terra, à medida que esta se desloca na sua trajectória orbital.

Os dados obtidos pelo GOCE trarão novos conhecimentos acerca de uma das mais fundamentais forças da natureza da Terra. O conhecimento alargado do campo de gravidade é uma das bases mais importantes para compreender como a Terra funciona. Ao fazer o levantamento do campo de gravidade com uma precisão sem precedentes, a missão GOCE irá concretizar inúmeras possibilidades nos fascinantes campos da oceonografia, física do estado sólido da Terra, investigação geodésica e do nível do mar, contribuindo significativamente para a compreensão das alterações climáticas.

Assim que a equipa da campanha de lançamento chegar a Plesetsk, consulte as actualizações regulares no website de lançamento do GOCE .

Copyright 2000 - 2014 © European Space Agency. All rights reserved.