Módulo Leonardo agarrado à Estação Espacial

Vaivém Discovery
3 Março 2011

Terça-feira à tarde o Módulo Permanente Multiuso Leonardo ficou instalado, de forma permanente, na Estação Espacial Internacional. Este módulo de fabrico europeu tinha iniciado a sua viagem na passada quinta-feira, a bordo do vaivém Espacial Discovery.

Esta missão, a última para o Discovery , é também a oitava e última vez que o Leonardo visita a Estação Espacial Internacional (ISS). No entanto, desta vez ficará unido de forma permanente ao complexo orbital, como um novo módulo pressurizado.

O Leonardo é um dos três Módulos Logísticos Multiuso (MPLM) fabricados pela agência espacial italiana (ASI) para a NASA, originalmente concebidos para transferir carga de e para a ISS, a bordo dos vaivéns espaciais. O Leonardo foi submetido a uma série de modificações, tal como o reforço da sua protecção exterior ou um melhor acesso aos seus sistemas de bordo, para poder permanecer acoplado de forma permanente à Estação.

O Leonardo partiu para o espaço pela primeira vez em 2001, também a bordo do Discovery.

Discovery visto a partir da ISS

O seu último transporte à Estação inclui um módulo científico e uma série de estruturas de armazenamento. O Leonardo está equipado para acolher experiências de dinâmica de fluidos, ciência dos materiais, biologia e biotecnologia em condições de microgravidade.

O módulo Leonardo foi retirado do compartimento de carga do vaivém com o braço robótico da Estação e ficou agarrado ao porto Unity, virado para a Terra, na terça-feira, às 16:05 CET.

Está previsto que o Discovery regresse à Terra no próximo dia 8 de Março.

Copyright 2000 - 2014 © European Space Agency. All rights reserved.