ATV-3 launch on Ariane

Nave europeia de reabastecimento ruma à Estação Espacial Internacional

23 Março 2012

O ATV Edoardo Amaldi descolou hoje às 04:34 GMT (05:34 CET, 01:34 hora local) da base aeroespacial europeia em Kourou, na Guiana Francesa, a bordo de um lançador Ariane 5 operado pela Arianespace, rumo à Estação Espacial Internacional.

O Veículo de Transferência Automatizado, a nave espacial mais complexa produzida na Europa, está a caminho da estação orbital para fazer o reabastecimento de bens essenciais. Esta nave também irá impulsionar a órbita da Estação Espacial enquanto estiver conectado à mesma, durante 5 meses.

O ATV Edoardo Amaldi é a terceira nave, numa série de cinco, desenvolvida na Europa para cumprir os compromissos assumidos pelos custos de exploração da Estação Internacional.

A nave foi a primeira a ser fabricada e lançada dentro dos planos da ESA de fabricar e lançar uma nave por ano.

Loading...

Veja o vídeo completo do lançamento

O Director Geral da ESA, Jean-Jacques Dordain, disse: “Está a tornar-se uma realidade, a Europa fornecer um serviço anual à Estação. Isto tem sido conseguido graças à dedicação, competência e interação entre a indústria aeroespacial, agências nacionais e ESA”.

ATV-3

"O ATV-3 demonstra a capacidade da Europa em concluir missões regulares de alto nível para apoiar exigentes operações em missões de voos tripulados, em coordenação com os nossos parceiros internacionais".

O ATV possui sistemas de navegação de alta precisão, software de voo altamente redundante e um sistema totalmente autónomo de auto-monitorização e de prevenção de colisão de sistemas das fontes de alimentação independentes, controle e propulsores.

"Estamos orgulhosos que a ESA esteja a fornecer o veículo mais sofisticado ao serviço da Estação Espacial", disse Thomas Reiter, Director da ESA de Voos Espaciais Tripulados e Operações.

ATV-3 on Ariane

"Com base nas capacidades e conhecimentos que a ESA e a indústria europeia desenvolveram no âmbito do programa de desenvolvimento do ATV, temos agora a oportunidade de desenvolver ainda mais essa tecnologia. Isto irá abrir uma ampla gama de oportunidades para contribuirmos para futuras parcerias na exploração espacial".

O lançador começou o seu voo sobre o Atlântico em direcção ao Açores e Europa com uma carga de 20 toneladas .

Uma combustão inicial de oito minutos no andar superior do queimador da Ariane levou o ATV-3 para uma órbita baixa com uma inclinação de 51,6 graus em relação ao equador.

Depois de uma navegação de 42 minutos, o andar superior reacendeu de forma a tornar a órbita circular a uma altitude de 260 km. Após 64 minutos de voo, a nave de fornecimento separou-se do andar superior do queimador.

Vinte e cinco minutos depois, o ATV-3 começou a abrir as suas quatro asas solares, o que foi concluído poucos minutos depois, marcando o fim da fase de lançamento.

Edoardo Amaldi está a fazer agora uma série de manobras para se encontrar com a Estação Espacial a 28 de Março na hora prevista de 22:34 GMT (00:34 CEST), onde irá atracar sob o seu próprio controle com o módulo russo Zvezda.

Ariane launch pad

Durante a missão, a nave está a ser monitorizada pelo Centro de Controle ATV (ATV-CC), em colaboração com centros de controle da estação espacial em Moscovo e Houston. O ATV-CC está localizado em Toulouse, França, nas instalações da agência espacial francesa, CNES.

Para mais informações sobre o ATV, por favor visite http://www.esa.int/ATV

Para mais informação:

ESA Media Relations Office
Communication Department
Tel: +33 1 53 69 72 99
Fax: +33 1 53 69 76 90
Email: media@esa.int

Copyright 2000 - 2014 © European Space Agency. All rights reserved.