Observar órbitas de uma perspectiva diferente: o seu PC

25 Fevereiro 2003

Já alguma vez se perguntou a si mesmo onde é que se encontram, neste momento, os seus satélites favoritos de observação da Terra da ESA?

Agora a sua curiosidade pode ser satisfeita a partir do seu PC, graças ao site "Earth Observation Orbits" e à adição das missões de observação da Terra da ESA. O site "Earth Observation Orbits" exibe informações em tempo real e animações sobre as trajectórias orbitais e as localizações actuais dos quatro satélites de observação da Terra da ESA, que foram lançados para nos ajudar a compreender melhor o nosso planeta.

A visualização interactiva inclui um modelo 3D da Terra e dos satélites de observação da Terra da ESA, orbitando em torno desta, incluindo:

  • Os satélites ERS–1 e ERS–2, foram os primeiros da ESA a fornecer medições das propriedades atmosféricas e da superfície da Terra usando técnicas avançadas de microondas. O ERS-1, ainda que continuando em órbita, foi colocado fora de serviço em 2000;
  • O Envisat, o maior e mais poderoso satélite europeu de observação da Terra, lançado no ano passado, possui dez sensores diferentes que permitem medir vários aspectos da atmosfera da Terra, dos oceanos e da superfície terrestre com e sem gelo;
  • O Proba, a abreviatura para Project for On-Board Autonomy, um mini satélite de pequenas dimensões ( 60x60x80 cm3) para testar tecnologias avançadas de transporte e recolha de imagens espaciais.

Perspectivas no céu e na Terra

Orbits Earth View
Olhando "para baixo"

Durante a visualização do website “Earth Observation Orbits”, é possível controlar diversas perspectivas interactivas sobre os satélites, podendo-se alternar entre eles. É possível alterar a data, realizar rotações de perspectiva, usar “zoom in” e “zoom out” e aprender mais sobre os diversos satélites e as suas missões.

A “Earth View” oferece uma perspectiva única da Terra e das trajectórias orbitais dos satélites de observação da Terra, apresentados como se estivessemos situados a milhares de quilómetros de altura no espaço, olhando “para baixo” para a Terra e para os satélites.

Existem também as funções zoom e de rotação de perspectiva, para criar visões deslumbrantes da Terra e para delinear claramente as áreas do globo por onde vão “passando” os satélites de observação da Terra. À medida que vamos arrastando o rato sobre a visualização ou usando os controlos laterais, é possível fazer uma rotação da perspectiva que vamos tendo e fazer “zoom in” em pontos particulares do céu. Animando a visualização com os controlos vídeo, pode observar-se o deslocamento dos satélites da ESA enquanto eles percorrem continuamente um círculo entre os Pólos Norte e Sul, rodando, evidentemente, a Terra sob eles.

Orbits Sky View
Uma vista em direcção ao céu

Uma "Sky View" mostra os satélites que conjuntamente com a Lua, planetas e estrelas, são visíveis de qualquer ponto da Terra. Também permite visualizar a Lua, os planetas e as estrelas principais que são visíveis ou que estão apenas abaixo da linha do horizonte relativamente a uma localização particular, num determinado momento.

Seleccionando “Location”, no botão à direita, é possível inserir os valores de longitude e latitude que se desejar, ou seleccioná-los a partir de uma lista onde se encontram diversas cidades de todo o mundo para se ter um visão do céu visível desse ponto da Terra, incluindo as trajectórias orbitais e a localização actual dos satélites.

Tal como na “Earth View”, é possível mover e rodar a visualização, assim como usar o zoom para fazer uma ampliação de partes do céu particulares. Inserindo valores nos parâmetros data e hora, diferentes vistas do céu podem ser obtidas e, em seguida, animadas usando os controlos VCR, para se ver de que modo o céu e as posições dos satélites vão mudando ao longo do tempo.

As posições dos satélites são definidas por dados do tipo “two-line orbital element” (TLE). Os TLEs são fornecidos pelo Comando de Defesa Aeroespacial Norte Americano, mais conhecido por NORAD, que monitoriza todos os objectos produzidos pelo Homem que se encontram no espaço. A informação é actualizada, em média, semanalmente para assegurar que as posições dos satélites estão tão precisamente posicionadas quanto possível, dentro de uma “janela” de 40 dias, anteriores ou posteriores à data configurada actualmente no seu computador.

Para se ter a melhor utilização possível do site, será necessário ter instaladas no seu computador uma aplicação virtual de Java e uma aplicação Flash. Se não possuir qualquer uma delas, bastará clicar nos links correspondentes para realizar o download.

Venha e dê uma vista de olhos ao seu satélite de observação da Terra favorito, visitando o site Earth Observation Orbits. Talvez esteja nas suas vizinhanças neste momento! Dependendo da ligação à Internet que possuir, a aplicação poderá demorar alguns segundos a descarregar.

Copyright 2000 - 2014 © European Space Agency. All rights reserved.