Portugal assinala os dez anos de adesão à ESA

Cerimónia de abertura do 4º Fórum Espacial
7 Dezembro 2010

Nas comemorações dos dez anos de adesão de Portugal à ESA, José Mariano Gago, Ministro da Ciência da Tecnologia e do Ensino Superior, e Jean-Jacques Dordain, Director Geral da ESA, encontraram-se hoje, no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa.

Para Portugal, fazer parte dos Estados-Membro da ESA tem sido um essencial motor de desenvolvimento de um novo cluster de actividade. Cerca de 30 empresas, uma boa parte delas start-ups, foram criadas no sector das tecnologias espaciais. Mil projectos no campo espacial foram desenvolvidos pela indústria em colaboração com as universidades, nesta última década, num investimento global de mais de 100 milhões de euros. Portugal participa em todos os principais programas da ESA, incluindo as Telecomunicações e Aplicações Integradas, Galileo e actividades relacionadas com a Navegação, Observação da Terra e Exploração Científica e Robótica.

Mariano Gago e Jean-Jacques Dordain também participaram no 4º Forum Espacial, organizado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, através do seu Space Office e da Agência Ciência Viva. A ESA tem sido um forte apoiante do evento.

O Director Gerald a ESA na exposição da indústria portuguesa, durante o 4º Fórum espacial

O 4º Forum Espacial é uma oportunidade de contacto para as entidades interessadas na área do espaço, bem como de assistir à apresentação do Estudo de Impacto da Participação Portuguesa na ESA. De acordo com este estudo de impacto, ao fim de 10 anos de adesão, Portugal multiplicou por um factor de 30 o número de trabalhadores no sector espacial e por um factor de cerca de 6 o turnover das empresas espaciais.

Na cerimónia de abertura o Director Geral da ESA, Jean-Jacques Dordain, notou que «estes dez anos de participação portuguesa na ESA têm sido uma cooperação fantástica e uma verdadeira história de sucesso. Não só Portugal atingiu praticamente os 100% em termos de retorno industrial nos programas da ESA, como o país conseguiu também alavancar este investimento, através da criação de novas oportunidades de mercado, além das actividades com a Agência.»

O Ministro Gago e o Director Geral da ESA no 4º Forum Espacial

João Sentieiro, Presidente da FCT, acrescentou que «o sucesso da participação portuguesa na ESA deveria inspirer-nos a todos nos desafios e oportunidades apresentados pelos programas espaciais europeus nos próximos anos.»

O Ministro da Ciência José, Mariano Gago, notou que «a ESA é um desafio para a indústria, graças à complexidade dos projectos a serem desenvolvidos», disse o «Estamos agora num momento muito interessante em que assistimos a uma grande ligação entre as companhias, a investigação e o espaço», concluiu Mariano Gago.

Assistiram ao evento cerca de 200 pessoas, do sector espacial, o que mostra o vasto interesse e o impacto das actividades espaciais noutras áreas da indústria e da economia portuguesas.

Copyright 2000 - 2014 © European Space Agency. All rights reserved.