Tecnologias espaciais contribuem para a vitória na corrida do Estoril

Battle for the lead, Sarrazin leads Shimoda
Luta pelo título, Sarrazin à frente de Shimoda
16 Abril 2003

A Pescarolo Sport venceu a corrida de domingo no Estoril, a primeira de uma série de 7 corridas do campeonato FIA Sportscar, com a ajuda de tecnologias originalmente desenvolvidas para o programa do espaço da ESA.

A parceria entre a Pescarolo Sport e o programa de transferência de tecnologiasda ESA (Technology Transfer Programme, TTP) começou em Dezembro do ano passado. O seu objectivo é o de aplicar tecnologias espaciais no campo das corridas de resistência de carros desportivos e para demonstrar como as tecnologias espaciais podem ser usadas “na Terra”. Este ano o Campeonato de Carros Desportivos da Federação Internacional Automóvel (FIA) foi um bom teste a como está a correr esta parceria. Julgando pelos resulatdos obtidos este domingo a resposta é um claro sim.

Afirma Henri Pescarolo, o chefe da equipa da Pescarolo Sports, “toda a equipa está extremamente satisfeita com os resultados de domingo, que nos colocam na primeira posição do campeonato de carros desportivos. Sem dúvida, as tecnologias espaciais que usámos, melhoraram a performance e a segurança do carro”.

Stephane Sarrazin, Courage Peugeot
Stephane Sarrazin, no Courage Peugeot

A ESA, juntamente com Henri Pescorolo e Andre de Cortanze, o director técnico da equipa da Pescarolo Sport, identificaram duas áreas importantes onde as tecnologias espaciais podem ser usadas: performance e segurança. O coeficiente de eficiência referente à massa do automóvel é vital nas corridas e vários materiais de alta tecnologia compostos de carbono, usados para construir satélites, foram utilizados na construção deste automóvel desportivo. Isto possibilitou uma redução de 29 kg no peso do carro, e compensou a redução da potência do motor para 60 cavalos, requerida pelos novos regulamentos do Automobile Club de l’Ouest (Automóvel Clube do Oeste) para as famosas 24 horas de Le Mans que decorrerão em Junho.

Para aumentar a segurança, escudos térmicos semelhantes aos usados nos foguetões europeus Ariane foram colocados entre o motor e o tanque de combustível flexível, para diminuir os riscos de incêndio nos reactores. O mesmo material também foi usado para isolar o tubo de escape e o turbo.

Pescarolo Sport Team on the podium at Estoril, Portugal
A equipa da Pescarolo Sport Team no podium

A Pescarolo não está só interessada em ganhar, a segurança e o conforto dos seus pilotos também tem alta prioridade. Para a corrida das 24 horas de Le Mans – a prova de fogo em termos de provas resistência para pilotos e automóveis – irá ser usado um sistema de refrigeração testado durante o Paris-Dakar. Isto irá evitar que os pilotos sofram de desidratação, fornecendo-lhes bebidas frescas ao longo da corrida. Esta tecnologia também deriva do espaço.

A equipa da Pescarolo está agora atarefada com as preparações para a próxima corrida do campeonato, agendada para Lausitzring na Alemanha, em Maio. A última cooperação dos TTP da ESA é apenas mais um exemplo de como as tecnologias espaciais podem aumentar a velocidade tanto na Terra, como no espaço.

Copyright 2000 - 2014 © European Space Agency. All rights reserved.