Terceira nave de carga europeia liga-se à Estação Espacial

Acoplagem do ATV-3
29 Março 2012

PR 10 2012 - O ATV da ESA, Edoardo Amaldi, completou a primeira fase da sua acoplagem ao módulo russo Zvezda, da Estação Espacial Internacional.

A ligação decorreu de forma suave quando a sonda do ATV foi apanhada pelo cone de acoplagem do Zvezda, às 00:31 CEST (22:31 GMT).

A sonda de acoplagem está agora a recuar, dando lugar aos ganchos entre as duas naves. Assim estabelecem-se as ligações elétricas e a passagem dos dados.

O reservatório de 20 toneladas, que voa autonomamente, sendo continuamente monitorizado a partir de terra, juntou-se ao complexo orbital de 450 toneladas numa operação com uma precisão de 6 cm, enquanto os dois objetos davam a volta à Terra a mais de 28 mil km/hr.

“Não se pense que esta acoplagem suave e delicada, entre estas duas naves gigantes, é uma tarefa fácil ou rotineira,” diz Thomas Reiter, Diretor de Voos Tripulados e Operações da ESA.

“As tecnologias que demonstrámos em operação com os ATVs têm um potencial tremendo para o futuro dos voos tripulados e das missões de exploração.”

A acoplagem foi o culminar de uma aproximação passo-a-passo feita pela nave de carga ao posto orbital. A manobra do veículo decorreu de forma autónoma, mesmo durante estas operações críticas, sendo monitorizada por um sistema de controlo separado, a bordo, para garantir a segurança da Estação e da sua tripulação.

Centro de controle do ATV

As equipas em terra, no Centro de Controle do ATV em Toulouse, tal como o astronauta da ESA André Kuipers e os seus colegas na Estação, também estiveram a vigiar a aproximação, na eventualidade de ser preciso dar ordem para aguardar ou abortar.

Tal como os seus antecessores, o ATV-3 tem uma missão multifacetada. Sendo um rebocador espacial, está carregado com 3150 kg de combustível para reposicionar a Estação na sua órbita, de forma a compensar a natural perda de altitude causada pelo atrito da atmosfera ou para a desviar de lixo espacial que possa ser perigoso. O ATV também possibilita o controle de atitude quando outras naves espaciais se aproximam da Estação.

Sendo uma nave cisterna, transporta 860 kg de combustível, 100 kg de oxigénio e ar e 280 kg de água potável, tudo material que será bombeado para os tanques da Estação.

Como cargueiro espacial, transporta 2200 kg de carga seca, como sejam equipamento científico, peças suplentes, comida e roupa para os astronautas.

Treino para a acoplagem

Durante os cinco meses em que permanecerá ligado à Estação, o ATV terá o papel de módulo espacial temporário, fornecendo 45 metros cúbicos extra de alojamento para a tripulação. Nas missões anteriores, o ATV foi muito bem recebido pelos astronautas que o apelidaram de ‘o sítio mais tranquilo da Estação’ e era com frequência o sítio escolhido para trabalhar.

No final desta missão, previsto para 27 de Agosto, o ATV-3 irá separar-se da Estação, trazendo os sacos do lixo. No dia seguinte, será conduzido à sua reentrada na atmosfera, em que se incendiará, de forma programada, por cima do Sul do Pacífico.

Para mais informações sobre o ATV, visite por favor

http://www.esa.int/ATV

Para mais informações, por favor contate:

ESA Media Relations Office

Communication Department

Tel: +33 1 53 69 72 99

Fax: +33 1 53 69 76 90

Email: media@esa.int

Copyright 2000 - 2015 © European Space Agency. All rights reserved.