Um instrumento inovador do satélite MSG-1 fornece informações chave sobre o clima do nosso planeta

First GERB images
As primeiras imagens do GERB obtidas a 12 de Dezembro de 2002
7 Janeiro 2003

O instrumento GERB do satélite MSG-1 (Meteosat of Second Generation) efectuou as primeiras medições quinta-feira, dia 12 de Dezembro de 2002.

Estas medições concederam imagens que identificam as áreas prováveis onde há perdas ou ganhos nítidos de energia ao nível do sistema climático terrestre.

Realizado por iniciativa da ESA, o instrumento de pesquisa GERB (Geostationary Earth Radiation Budget) permitirá aos peritos o estudo do balanço da radiação do Sistema Terra e a influência que este último poderá ter sobre o clima. Colocado a bordo do satélite geostacionário MSG-1 da EUMETSAT, ele procederá as suas medições continuamente em todo um hemisfério.

Segundo Eva Oriol-Pibernat, responsável pelas missões MSG na ESA: “O GERB irá permitir que sigamos a evolução dos parâmetros chave do clima a partir de um ponto fixo em órbita. Combinando estes resultados com os dados dos satélites ENVISAT e ERS-2 da ESA, os europeus podem contribuir de forma importante para o acompanhamento do clima e do ambiente”.

The GERB instrument
GERB

O GERB é um radiómetro de exploração que opera em dois canais de banda larga, um dos quais é sensível à energia total emitida pela Terra, e o outro que cobre unicamente uma banda de comprimentos de onda curtos. Os resultados obtidos nos dois canais permitem avaliar a energia emitida para o espaço pela Terra. Graças a estas medições, é possível estimar a energia que rege o comportamento do sistema climático terrestre. Explorado em sinergia com o SEVIRI, o gerador de imagens principal do MSG-1, o GERB irá servir para a realização de estudos sobre o papel das nuvens e do vapor de água no balanço da radiação, estudos que terão um impacto directo sobre os modelos climáticos.

O desenvolvimento do GERB beneficiou do apoio científico de uma equipa internacional conduzida pelo Professor J. Harries, do Imperial College, Londres. O instrumento foi financiado por um consórcio europeu liderado pelo Reino Unido (Rutherford Appleton Laboratory - RAL), do qual também fazem parte a Bélgica (Royal Meteorological Institute of Belgium – RMI e Advanced Mechanical and Optical Systems – AMOS) e a Itália (Officine Galileo). O GERB será igualmente colocado a bordo do MSG-2 e MSG-3, com o financiamento da EUMETSAT.

O programa MSG consiste em três satélites metereológicos de avançada tecnologia, sendo um programa conjunto da ESA e da EUMETSAT. A ESA desenvolveu o primeiro satélite, e aprovisiona os outros exemplares por conta da EUMETSAT. A EUMETSAT, por sua vez, define as necessidades dos utilizadores e assume a responsabilidade por todos os lançamentos, pelo desenvolvimento do sector terrestre e pela exploração do sistema durante pelo menos 12 anos. Está em estudo o aprovisionamento de um quarto satélite desta mesma família.

Para obter mais informações queira contactar:

Eva Oriol-Pibernat
ESA MSG Mission Manager
Tel: +39 06 94180408
Fax: +39 06 94180362

ESA Media Relations Service
Tel + 33 1 53 69 71 55
Fax: + 33 1 53 69 77 90

Copyright 2000 - 2014 © European Space Agency. All rights reserved.