Uma Europa praticamente sem nuvens captada pelo MSG

Uma Europa sem nuvens captada pelo MSG-1

26 Agosto 2003

Numa altura em que a maior parte dos europeus solta um suspiro de alívio à medida que termina este Verão de “records”, as condições meteorológicas extremas que se registaram nas últimas semanas proporcionaram-nos uma visão rara de uma Europa praticamente sem nuvens, obtida através do satélite meteorológico europeu MSG-1, lançado faz este semana um ano.

Esta imagem composta aperfeiçoada foi obtida a 10 de Agosto de 2003, ao meio-dia (12:00 UT) e mostra uma Europa praticamente sem nuvens. Apenas o Reino Unido e a Finlândia estão parcialmente ocultados por nuvens. O Meteosat Second Generation 1 (MSG-1) é o primeiro de uma nova geração de satélites meteorológicos, desenvolvidos em estreita cooperação entre a Agência Espacial Europeia (ESA) e a EUMETSAT, a Organização Europeia para a Exploração de Satélites Meteorológicos.

Construído pela ESA e operado pela EUMETSAT, o MSG-1 foi lançado pela Ariane, uma ano atrás, a 28 de Agosto às 22:45 UT, a partir da base espacial europeia na Guiana Francesa. O MSG-1 está posicionado numa órbita geoestacionária, a 10.5°W, 36 000 kilómetros acima da Terra. Esta imagem ilustra a excelente performance do inovador radiómetro a bordo do MSG-1.

O sistema MSG irá fornecer um serviço essencial para peritos em meteorologia, pelo menos, durante os próximos 12 anos. Esta continuidade do serviço é muito importante, não só para fazer previsões a curto-prazo, mas também para investigar a evolução das condições meteorológicas a longo prazo.

Copyright 2000 - 2014 © European Space Agency. All rights reserved.