A ESA e a Thales Alenia Space celebram acordo para o desenvolvimento do Veículo Experimental Intermédio (IXV)

16 Junho 2009

A ESA e a Thales Alenia Space celebraram a 16 de Junho o acordo para continuar o desenvolvimento do demonstrador de reentrada atmosférica do Veículo Experimental Intermédio (IXV) no Salão Internacional de Aeronáutica e Espaço de Le Bourget.

O projecto IXV faz parte do Programa Preparatório de Lançadores do Futuro (FLPP) da ESA. O objectivo do IXV é desenvolver um demonstrador de reentrada atmosférica autónomo, caracterizado pelo elevado desempenho aerodinâmico, graças ao seu formato, e equipado com um sistema de controlo de grande qualidade, baseado em superfícies aerodinâmicas e de propulsão e com protecção térmica avançada para a reentrada atmosférica.

O veículo pesará cerca de 1800 kg e será lançado pelo Vega no Porto Espacial Europeu em Kourou. O lançador colocará o veículo IXV a uma altitude de aproximadamente 450 quilómetros, a partir da qual o IXV iniciará o voo de regresso à Terra, caindo de uma forma segura e suave no Oceano Pacífico. Com uma velocidade de entrada aproximada de 7,5 quilómetros por segundo, o sistema IXV realizará uma missão completamente representativa de uma missão de reentrada na órbita terrestre baixa (LEO).

A Thales Alenia Space será responsável pela concepção, desenvolvimento e integração do veículo e liderará uma equipa composta pelas maiores indústrias europeias e integrada nas universidades e nos centros de investigação da Áustria, Bélgica, França, Alemanha, Irlanda, Itália, Portugal, Espanha, Suécia, Suíça e Holanda. A entrega do veículo à ESA está planeada para o fim de 2012.

“A missão do IXV é uma oportunidade única para procurar resolver uma grande parte das necessidades básicas europeias da reentrada a partir da LEO, consolidando a experiência e os conhecimentos necessários para o desenvolvimento de qualquer futuro sistema de reentrada europeu” declarou Giorgio Tumino, director do projecto IXV da ESA, “em especial, o desempenho aerodinâmico e a característica aerotermodinâmica da fase de reentrada, os materiais de protecção térmica e o sistema de controlo, orientação e navegação.”

“Este acordo marca o início da fase de desenvolvimento pleno do projecto IXV, contribuindo concretamente para a consolidação dos conhecimentos europeus para missões de regresso a partir da LEO, após vários anos de estudos contínuos na Europa” realçou Antonio Fabrizi, director de lançadoras da ESA.

Outras notícias de lançadores de Le Bourget

A ESA e a Arianespace assinaram a 15 de Junho de 2009 o Contrato-Quadro para o fornecimento de serviços de lançamento. O principal objectivo deste contrato é maximizar a utilização do Ariane, Vega e do Soyuz no Centro Espacial da Guiana e garantir preços competitivos para os serviços de lançamento das missões da ESA.

A 17 de Junho a ESA assinou um acto adicional de 20 milhões de euros com o consórcio Joint Propulsion Team, composto pela Avio SpA (I), a Astrium GmbH (A) e a SNECMA (grupo SAFRAN) (F), para o desenvolvimento do demonstrador do motor de combustível líquido para a primeira fase do Lançador Europeu da Próxima Geração, o Demonstrador do Motor de Elevado Impulso.

Mais informações:

ESA – Escritório de Relações com a Comunicação Social
Departamento de Comunicação e Conhecimento
Telefone: + 33 1 5369 7299
Endereço de correio electrónico:
Copyright 2000 - 2014 © European Space Agency. All rights reserved.